Terra-média: Norte-americano constrói casa hobbit no seu jardim

Por Redação | 17.12.2012 às 15:55
photo_camera Metro News

A distância geográfica e temporal entre a Terra-média e os dias atuais não foi capaz de acabar com o sonho de um norte-americano, morador da Pensilvânia, Estados Unidos, de construir sua própria casa hobbit. A pequena habitação, construída em seu jardim, revive alguns dos elementos criados por J.R.R. Tolkien, autor da trilogia 'O Senhor dos Anéis' e 'O Hobbit'.

Localizada no condado de Chester, próximo à Filadélfia, fica a casa hobbit idealizada por um fã e colecionador das obras e relíquias do universo de Tolkien. O construtor queria um lugar exclusivo para guardar seu acervo sobre elfos, hobbits, anões entre outros itens, que foram coletados ao longo de mais de 30 anos durante viagens pelos Estados Unidos e outros países.

A casa com 55 metros quadrados fica a poucos passos da casa principal, em um caminho de pedra lisa que passa por um jardim no estilo inglês. "Nós queríamos uma única estrutura, um lugar relaxante e pequeno em escala, para o proprietário entrar, descansar e ficar sozinho com sua coleção", afirmou ao Daily American Peter Archer, arquiteto responsável pelo projeto.

Archer trabalhou junto com artesãos para construir a casa hobbit, utilizando pedras retiradas de um muro que data do século XVIII e atravessa toda a propriedade do fã de Tolkien para erguer as paredes da casa-acervo. E como foi construída junto a uma outra parede original do terreno, a casa hobbit parece ter sido projetada originalmente junto com a residência principal.

Como não podia ser diferente, a porta de entrada da pequena casa é feita com cedro, no formato arredondado e com uma fechadura na parte central - igual à descrita em várias páginas da obra do autor inglês. As dobradiças de ferro foram forjadas a mão e os artesãos tiveram dificuldade na hora de colocar a porta redonda nas dobradiças.

Casa Hobbbit
Casa Hobbbit

No interior repleto de arcos curvos, encontram-se livros, roupas, desenhos, gravuras, quadros e outros artefatos sobre a obra literária, e seu visual rústico ainda esconde sistemas modernos de aquecimento, refrigeração e segurança. No entanto, esta obra de arquitetura não estará disponível para visitação e seu dono não quer que sua localização seja revelada, evitando assim que sua paz interiorana venha a acabar por causa de grupos de fãs de Tolkien.