Teoria mostra que todos os filmes dos estúdios Pixar estão conectados

Por Redação | 15.07.2013 às 13:57

Os desenhos dos estúdios Pixar são famosos por carregarem algumas referências entre filmes como, por exemplo, o carro da pizzaria Pizza Planet, de 'Toy Story', que aparece em outras animações. Mas, segundo uma teoria desenvolvida por Jon Negroni, analista de mídias sociais, a conexão entre os longa-metragens do estúdio são ainda maiores. As informações são do jornal A Folha de S. Paulo.

Intitulada 'The Pixar Theory', a teoria dispõe vários filmes da companhia em ordem cronológica para demonstrar a ideia de Negroni de que há uma história muito maior sendo contada por trás de cada narrativa individual dos desenhos. Nesse universo, a inteligência artificial e a evolução muito rápida de animais, que têm características humanas, preocupam os seres humanos.

Para Negroni, Remi, o ratinho cozinheiro de 'Ratatouille', age de forma muito humana porque em 'Valente', trama que se passa muitos anos antes, uma bruxa realizou experiências com ratos. E por causa dessa evolução rápida dos animais, o vilão de 'Up: Altas Aventuras' teria desenvolvido os colares que dão voz aos cachorros no longa-metragem.

A teoria de Jon Negroni é muito complexa e está fazendo enorme sucesso na rede, garantindo-lhe o apelido de "Edward Snowden da Pixar" em referência ao ex-funcionário da Agência Nacional de Segurança (NSA) dos Estados Unidos, responsável pelo vazamento dos documentos do programa de espionagem PRISM. O sucesso é tanto que Negroni e sua teoria foram citados por Lee Unkrich, diretor de 'Toy Story 3', 'Monstros S.A.' e 'Procurando Nemo', mas a Pixar ainda não comentou sobre as similaridades apontadas pelo autor.