Quer saber se choveu na Cantareira? Um site responde isso para você

Por Douglas Ciriaco

Desconhecido de boa parte da população até pouco tempo atrás, o Sistema Cantareira ganhou as manchetes dos principais jornais do Brasil após o início de uma das mais graves crises hídricas enfrentadas pelo estado de São Paulo. Destinado à captação e ao tratamento da água para a região da capital paulista, ele conta ao todo com seis represas e é classificado como um dos maiores do mundo.

A seca causa inúmeros transtornos à vida cotidiana das pessoas e, então, a falta d'água se tornou assunto corriqueiro no dia a dia da população. Assim, hoje é comum que muitos se perguntem: choveu na Cantareira? Pensando em facilitar a resposta a tal questionamento, o publicitário Mauro Mandil criou o site Choveu na Cantareira?.

Em parceria com o designer Felipe Drummond, Mandi colocou a página no ar e a alimenta constantemente com as informações que colhe da imprensa. O sistema de atualização é “mecânico” e informa seus visitantes de forma bem direta: sim ou não.

Choveu na Cantareira?

E qual o nível do Sistema Cantareira?

Para aumentar a quantidade de informações, outro projeto tocado pelo publicitário é o Tem Água na Cantareira?, um site que serve para informar à população sobre o nível atual do reservatório. Criado por Mandi em conjunto com Vinicius Cilino e Matheus Murbach, a página traz um dado numérico em forma de porcentagem e também uma frase para ilustrar melhor a situação.

Tem água na Cantareira?

“Encheu. Mas pra sair do volume morto, ainda tem muita água pra cair.”, informa o site.

Além de trazer dados, o Tem Água na Cantareira? também indica outras páginas que trazem mais informações sobre a crise hídrica, como o Boletim da Falta D'Água em SP, mantido pela ativista Camila Pavanelli.

Outros dados

Para quem também quer se manter informado sobre o nível em que operam outros sistemas de abastecimento da região de São Paulo, há o site Nossa Água São Paulo.

Nossa Água SP

Desenvolvido por Matheus Murbach, a página reúne dados fornecidos pela Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp) sobre os sistemas Cantareira, Alto Tietê, Guarapiranga, Cotia, Rio Grande e Rio Claro.

Inscreva-se em nosso canal do YouTube!

Análises, dicas, cobertura de eventos e muito mais. Todo dia tem vídeo novo para você.