EUA venderão drones ao Iraque em guerra contra Al-Qaeda

Por Redação | 07.01.2014 às 10:55

Nesta segunda-feira (06), o governo dos Estados Unidos anunciou que deve aumentar a venda de armas para o governo iraquiano e, além disso, também deve vender ao país ao menos 58 drones (aviões não tripulados).

Os drones são utilizados em guerras para reduzir o risco de morte de soldados e manter o patrulhamento em determinadas regiões. Assim, mesmo que os aviões sejam abatidos pelos inimigos durante o reconhecimento de áreas, apenas o equipamento é perdido.

O anúncio foi feito pelo porta-voz da casa branca Jay Carney, que especificou que dez drones serão enviados ao país nas próximas semanas e mais 48 unidades serão enviadas ao longo do ano.

Os aviões são do modelo ScanEagle, muito utilizado pelo próprio exército dos Estados Unidos. O equipamento não carrega qualquer tipo de armamento e é um acessório tecnológico utilizado apenas como parte de estratégias de ataque e defesa, com o objetivo de observação de territórios.

Os esforços do governo norte-americano são para auxiliar o Iraque na guerra contra os rebeldes e milicianos da Al-Qaeda. Segundo o coronel Steven Warren, os EUA estão acelerando o processo para que os drones sejam entregues o mais rápido possível.