Deficiente auditivo consegue 'ouvir' sons através de sinais Wi-Fi

Por Redação | 25 de Novembro de 2014 às 11h04

As redes Wi-Fi, que se tornaram tão rotineiras em nosso dia a dia, nada mais são do que ondas eletromagnéticas através das quais trafegam dados específicos. Se essas ondas fossem convertidas de alguma forma para ondas sonoras, como seu som se pareceria?

Frank Swain resolveu tentar responder a esta pergunta. Desde os 20 anos, quando começou a perder sua audição, ele vem desenvolvendo uma forma de continuar ouvindo. Mas ao invés de recuperar a capacidade de ouvir os sons do ambiente, ele resolveu tentar captar as ondas eletromagnéticas dos roteadores Wi-Fi e transformá-las em ondas sonoras, possíveis de serem captadas por ouvidos humanos.

Para atingir este objetivo, Frank conseguiu parceria com o músico Daniel Jones, além de conseguir financiamento de uma entidade filantrópica do Reino Unido que incentiva projetos inovadores. Assim, Frank e Daniel criaram um aplicativo chamado Phantom Terrains - que roda em um iPhone hackeado - para captar os sinais Wi-Fi. A ferramenta obtém informações como nome do roteador, distância do dispositivo e forma de encriptação utilizada na rede, e transforma os sinais em sons.

Frank explica como o dispositivo funciona: "A força do sinal, direção, nome e nível de segurança das redes são traduzidas para uma faixa de áudio formada por sons de fundo e sons principais: cliques e ruídos semelhantes aos de um contador Geiger. Os ruídos mais fortes são produzidos a partir do ID da rede, formando uma melodia contínua".

O resultado é este:

Posteriormente, Frank e Daniel fizeram parceria com a designer Stefanie Posavec. Com as informações sonoras obtidas pelo Phantom Terrains, eles conseguiram elaborar um mapa que indica a localização de roteadores e o nível de segurança dos mesmos. A partir dessa informação gráfica, foi possível constatar a alta quantidade de dispositivos configurados de forma insegura (sem criptografia ou com senhas fracas), em sua maioria localizados em áreas residenciais.

Homem ouve sinais Wi-Fi

Embora Frank não tenha conseguido recuperar sua audição, sua inovação possui uma incrível aplicação prática, que pode ter bastante utilidade na área de segurança de redes. Enquanto isso, Frank já está desenvolvendo métodos de como captar outros tipos de sinais e traduzi-los em ondas sonoras.

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.