Conheça Chris Dancy, o homem mais conectado do mundo

Por Redação | 25 de Março de 2014 às 09h45

Se você já acha exaustivo lidar com todos os e-mails que recebe diariamente e ainda cuidar dos seus perfis nas redes sociais mais populares, com certeza não conhece Chris Dancy. Mais conhecido como "O Homem Mais Conectado do Mundo", esse norte-americano de 45 anos utiliza centenas de sistemas para registrar dados sobre sua vida em tempo real.

Entre smartwatches, pulseiras fitness e sensores espalhados por sua casa – e também pelo seu corpo – Chris registra praticamente todas as atividades que realiza ao longo do dia. Nem mesmo seu cachorro fica de fora, já que ele utiliza um sistema especial capaz de captar todas as atividades realizadas pelo animal 24 horas por dia.

Apesar de tanta dedicação ao mundo tecnológico, engana-se quem pensa que Chris deseja apenas compartilhar detalhes da sua vida na internet. Na verdade, os sistemas já o ajudaram a perder muitos quilos, aumentar sua produtividade e melhorar sua saúde.

"Perdi 50 quilos e aprendi a meditar", disse Chris em entrevista ao site Mashable. "Estou muito mais consciente de como respondo às situações e tenho iniciativas para me ajustar ao ambiente. Também adquiri hábitos melhores graças ao feedback que possuo".

Com tantos dispositivos e sistemas fazendo parte de seu dia a dia, deve ser difícil escolher os prediletos, mas Chris destaca sua preferência pelo Google Now, Google Glass, Pebble e Body Media.

Chris Dancy

Chris Dancy, antes e depois de começar a "rastrear" sua vida (Imagem: Reprodução / Mashable)

Embora ele acredite que mais pessoas devam agregar produtos inteligentes a suas vidas, Dancy também adverte quanto ao compartilhamento de informações pessoais.

"Eu fico um pouco assustado com o futuro iminente de seres humanos conectados que não conseguem lidar com o Facebook e muito menos com os dados sobre suas vidas", disse. "Acho importante que as pessoas olhem para os dados que estão criando e espalhando por aí".

De qualquer forma, podemos tirar uma lição muito valiosa da história de Chris: a tecnologia está disponível para o bem e para o mal, basta escolhermos com sabedoria como queremos utilizá-las em nossas vidas e quais benefícios podemos extrair dela.

Inscreva-se em nosso canal do YouTube!

Análises, dicas, cobertura de eventos e muito mais. Todo dia tem vídeo novo para você.