Alemães têm sucesso nos primeiros testes de arma a laser de 50KW de potência

Por Redação | 03 de Janeiro de 2013 às 09h25
photo_camera Divulgação

As armas a laser aparecem com muita frequência nas cenas de filmes de ficção científica e o que parecia algo muito futurista está prestes a se tornar realidade. A empresa alemã Rheinmetall realizou recentemente os primeiros testes com sua arma a laser, projetada para a Força Aérea em seu campo de testes na Suíça. As informações são do Gizmag.

A nova versão da arma possui 50kW de potência para a transmissão do laser e foi testada em uma série de alvos, superando os resultados de sua versão anterior de 10kW. A arma é composta por duas torres de alimentação energética e dois módulos de transmissão do laser, e os lasers são combinados utilizando a tecnologia Beam Superimposing Technology (BST), que proporciona o foco dos dois lasers, gerando os 50kW de energia. A companhia acredita que, em um futuro próximo, será possível a construção de um laser com 100kW.

Os testes com a arma utilizaram três alvos distintos. O primeiro foi uma viga de aço com espessura de 15mm, que foi cortada ao meio a uma distância de mil metros. Logo em seguida, a arma foi utilizada para abater um grupo de drones que voava a 50 metros por segundo e foram detectados a uma distância de 3 quilômetros de altura. Em poucos segundos, o grupo foi derrubado a uma distância de dois quilômetros do solo.

E por último, o equipamento foi testado em uma simulação de ataque com bolas de aço de 82 milímetros de diâmetro sendo arremessadas e movendo-se a uma velocidade de 50 metros por segundo. A empresa revelou que a identificação do alvo e o tempo de reação da arma é capaz de destruir morteiros de longo alcance mesmo em condições climáticas adversas.

Arma à laser

Foto: Divulgação

A Rheinmetall afirmou que está muito contente com os resultados dos testes que mostraram que seu sitema de arma a laser pode operar com precisão na neve, chuva, gelo e tem todos os requisitos necessários de energia e refrigeração para enviar os tiros a laser com a potência necessária. Além disso, a empresa planeja a construção de um modelo de 60kW já para o próximo ano, bem como a criação de uma arma a laser portátil - como as que aparecem nos filmes.

Instagram do Canaltech

Acompanhe nossos bastidores e fique por dentro das novidades que estão por vir no CT.