Pessoas que não sabem onde guardaram seus bitcoins recorrem à hipnose

Por Redação | 26 de Dezembro de 2017 às 17h05
público

Conforme explicado no guia de bitcoins para iniciantes, as carteiras que guardam as criptomoedas não têm nenhum mecanismo de recuperação de senha por questões de segurança. Como é muito dinheiro sendo guardado através de nada além de criptografia de dados, qualquer mecanismo de recuperação do acesso seria passível de extorsão. Somando isso ao fato de que o blockchain não admite a identificação de nenhum portador de valores em cripotomoedas, se alguém perde as chaves que dão acesso aos dados, bye bye dinheiro!

Pegando carona no desespero de lembrar as senhas configuradas e perdidas, especialistas em hipnose estão oferecendo serviços terapêuticos para ajudar os esquecidos a retomarem as lembranças de quais senhas configuraram em suas carteiras digitais.

É o caso de Jason Miller, hipnólogo que vive na Carolina do Sul, nos EUA, e oferece seus serviços não só para lembrar as combinações de senhas, mas também para refazer os passos e descobrir onde foram guardados HDs de backup. Para o empurrãozinho terapêutico, Miller cobra o valor de um bitcoin e uma taxa de 5% do valor recuperado com sua ajuda.

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

"Eu desenvolvi uma coleção de técnicas que permitem às pessoas acessarem memórias antigas ou verem coisas que guardaram em um lugar escondido", disse ele em entrevista concedida ao Wall Street Journal, provando que há quem chore pela crise e há quem venda os lenços.

Fonte: Fortune

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.