PlayStation da Nintendo aparece em feira de games retrô em Hong Kong

Por Redação | 09.11.2015 às 16:36
photo_camera Reprodução/Engadget

Se você é antenado nas notícias sobre jogos e tecnologia, provavelmente já ouviu falar sobre o Nintendo PlayStation. O console, que voltou a ser assunto da internet há pouco tempo, chamou novamente os holofotes para si após aparecer em uma feira de jogos retrô realizada em Hong Kong.

O pessoal do Engadget foi até a exposição, conversou com Terry e Dan Diebold, pai e filho que são donos de um modelo do console que jamais foi lançado oficialmente. Além disso, o editor da publicação teve a chance de experimentar o aparelho — mas somente com cartuchos de SNES, já que o drive de CD não funcionou.

PlayStation da Nintendo?

Isso mesmo. No final dos anos 80, anos antes de apostar em um console próprio, a Sony propôs uma parceria para que a Nintendo utilizasse a sua tecnologia de CD-ROM em seu próximo console. A Sony chegou a apresentar um protótipo do aparelho durante a CES, maior feira de eletrônicos do mundo, em 1991, e o equipamento combinava o tradicional sistema de cartuchos da Nintendo com uma inovadora entrada para CD-ROM.

Nintendo Play Station

Nintendo Play Station é real. (Foto: Reprodução/Engadget)

A parceria, porém, não decolou: insatisfeita com a proposta da divisão de lucros feita pela Sony, que supostamente queria ficar com toda a arrecadação das licenças dos jogos em CD, a Nintendo implodiu a iniciativa e a produção do chamado “Nintendo Play Station” (as palavras “Play” e “Station” vinham separadas) não passou de 200 protótipos.

Na mesma CES de 1991 a Nintendo anunciou uma parceria com a Phillips, enterrando de vez qualquer chance de acordo com a Sony, que veria o caminho livre para uma iniciativa própria: o PlayStation, sem dúvida um dos principais e mais lucrativos lançamentos da empresa em todos os tempos.

Nintendo Play Station

Super Disc é um dos nomes pelo qual era chamado o console (Foto: Reprodução/Engadget)

Sem dúvida nenhuma, 10 entre 10 gamers se questionam como teria sido o futuro dos consoles caso a parceria entre Sony e Nintendo tivesse sido frutífera lá no início dos anos 90. Vale lembrar que, atualmente, a Nintendo ainda caminha lentamente para se reestruturar financeiramente, enquanto a Sony foca seus esforços cada vez mais no PlayStation, o principal e mais lucrativo membro de seu rol de produtos.

Fonte: Engadget