Nintendo se une à Tencent para lançamento do Switch na China

Por Felipe Demartini | 02 de Agosto de 2019 às 21h30
Tudo sobre

Nintendo

Saiba tudo sobre Nintendo

Ver mais

A Nintendo revelou nesta sexta-feira (2), na China, mais detalhes sobre seus planos para lançamento do Switch no país. O console vai aterrissar por lá em parceria com a Tencent, que fornecerá infraestrutura online e sistemas de pagamento para a loja online da plataforma, que passará a aceitar o WeChat para compra de games, DLCs e assinaturas.

Além disso, a Tencent também fornecerá serviços de localização para os títulos exclusivos da plataforma. Versões de The Legend of Zelda: Breath of the Wild e Super Mario Odyssey chegarão ao mercado asiático falando chinês simplificado, e a ideia é que os demais first parties lançados daqui em diante no país também tenham suporte ao idioma.

Apesar de falar em detalhes, a Nintendo ainda não revelou quando, exatamente, o Switch será lançado na China. A empresa aguarda aprovação regulatória para firmar uma data e falar em preços, mas a ideia é que a chegada do aparelho deve acontecer ainda neste segundo semestre, com a expectativa de altíssimos números ainda no vácuo da reabertura do mercado chinês para os games.

O presidente da Nintendo na Europa, Satoshi Shibata (à esquerda), ao lado do vice-presidente da Tencent, Ma Xiaoyi, durante evento de anúncio dos planos para lançamento do Switch na China (Imagem: Weibo)

A estimativa é de mais um período de sucesso para o Switch em sua chegada à China, principalmente devido ao caráter portátil do console que deve dialogar bem com a preferência dos jogadores do país pela jogatina mobile. Foi justamente essa a abordagem dada por Ma Xiaoyi, vice-presidente sênior da Tencent, ao falar mais sobre a parceria, afirmando que o videogame é capaz de criar um vínculo emocional entre os jogadores, principalmente pelo fato de eles poderem carregar o aparelho para qualquer lugar.

Além da infraestrutura online, a Tencent auxiliará a Nintendo com suas operações físicas, ajudando na distribuição de jogos e consoles para as lojas, além de fornecer serviços de garantia e pós-venda. Eventos e ações de marketing também fazem parte da parceria, mas como o console ainda não tem data para chegar, pouco foi dito sobre isso.

Apesar de a parceria entre Nintendo e Tencent parecer ter uma única via, Ma disse que esse não é o caso e que, no futuro, uma sinergia ainda maior entre elas deve ocorrer. A empresa chinesa é detentora de alguns dos games mais populares daquele lado do mundo, como PUBG Mobile e Honor of Kings, sendo que o segundo, inclusive, já teve uma versão Switch anunciada, mas ainda sem data de lançamento. Não é nada ousado pensar que mais propostas também darão as caras no console, e a própria gigante já pensa nisso, apesar de não ter nada para anunciar neste momento.

Fonte: Weibo

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.