Nintendo pode estar prestes a lançar um Nintendo 64 mini

Por Felipe Demartini | 23 de Maio de 2018 às 11h21
TUDO SOBRE

Nintendo

Depois do NES e do Super Nintendo, o próximo console na fila de lançamentos é o Nintendo 64. E, nesta semana, os rumores sobre a chegada de uma versão mini do aparelho ganharam força quando a “Big N” registrou, no Japão, uma marca relacionada a seu antigo videogame, indicando que pode fazer algo com ela no futuro próximo.

Os documentos protocolados junto aos órgãos competentes no Japão são sucintos, assim como normalmente acontece com submissões desse tipo. Os papéis falam em um console de videogame que se conecta a TV, bem como controles e joysticks, em um registro bem mais abrangente do que o também vazado na imprensa em julho do ano passado, que se referia apenas a um aparelho.

Levando em conta o incrível sucesso dos microconsoles lançados pela Nintendo nos últimos anos, é fácil pensar que estamos diante, agora, de um N64 Classic Edition. Os boatos ganham ainda mais força por estarmos nos aproximando da E3, a maior feita de games do mercado ocidental, que começa em junho e contará com a presença carimbada da fabricante. Seria uma ótima época para realizar um anúncio desse tipo.

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

O NES Classic Edition foi um sucesso estrondoso quando chegou às lojas em novembro de 2016, com unidades esgotadas nas prateleiras e uma grande corrida às lojas que ainda tinham o aparelho em estoque. O frenesi, depois, foi ainda maior com o Super Nintendo, algo que motivou a companhia a voltar atrás em suas declarações iniciais, de que os aparelhos representariam edições especiais limitadas, e anunciar um relançamento de ambos para ainda este ano.

O aparelho tem a mesma cara das versões do passado, mas aparece em uma versão diminuta. Ele também não roda os cartuchos originais, trazendo jogos na memória (30 no NES e 21 no SNES, sendo que um deles era o, até então, inédito Star Fox 2). Os controles são os mesmos do lançamento original, mas se conectam à plataforma por uma nova interface, que também facilitou a conexão aos televisores modernos por meio de uma saída HDMI.

A Nintendo, claro, mantém o silêncio sobre a marca registrada. Entretanto, no passado, logo após o sucesso do NES Classic Edition, a empresa já havia confirmado a intenção de repetir o tratamento com suas outras plataformas, as relançando em um novo formato e com uma coletânea de games clássicos na memória.

Por mais que a empolgação dos jogadores seja na direção de um anúncio, é importante lembrar que registros de marcas e patentes nem sempre resultam em produtos reais para o consumidor. Documentos desse tipo, muitas vezes, podem ser submetidos para proteção de marca ou venda de royalties, além de garantir a posse de propriedades intelectuais das companhias. O futuro, aqui, dirá a verdade.

Fonte: Japanese Nintendo

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.