Microsoft descarta rumores sobre possível Xbox One Mini

Por Redação | 28 de Agosto de 2015 às 10h38

Se você está esperando por uma nova versão do Xbox One para comprar o seu console, talvez seja melhor desistir de aguardar pelo anúncio, porque ele pode nunca acontecer. Embora seja quase uma tradição as empresas lançarem uma versão atualizada de seus sistemas, como aconteceu com o próprio Xbox 360 e sua versão Slim, parece que a Microsoft não está interessada em fazer o mesmo nesta nova geração.

Tudo começou quando rumores sobre um suposto Xbox One Mini surgiram, dando a entender que realmente poderíamos ver uma versão reduzida do console sendo apresentada em breve. Segundo o boato, o redesign iria reduzir o tamanho do aparelho, sendo um terço menor do que o que temos atualmente — o que, levando em consideração o quão grande o One é, seria um ganho e tanto em termos de espaço.

Contudo, a vida nem sempre é esse mar de rosas que a internet tenta pintar e eis que o próprio presidente da divisão do Xbox veio acabar com o sonho. Em resposta a uma pergunta sobre o assunto feita por um fã no Twitter, Phil Spencer foi categórico ao dizer que os rumores sobre o Xbox One Mini — ou Micro, ou seja lá como estão chamando — não são verdadeiros.

É claro que isso não foi o suficiente para aquelas pessoas mais esperançosas, que viram na mensagem apenas uma forma de se esquivar da questão. Como a pergunta original citava a possibilidade do Xbox Micro ser lançado em outubro, alguns usuários levantaram a possibilidade da negativa ser em relação à data ou mesmo ao nome do console. Afinal, um executivo do calibre do Spencer não iria fazer um anúncio desse tipo pelo Twitter, não é mesmo?

De qualquer forma, a negativa frustrou muita gente que esperava que a Microsoft fosse rever algumas questões do One, principalmente após as várias transformações que ele recebeu ao longo desses quase dois anos. A principal crítica em relação a isso está exatamente no tamanho exagerado do console e no fato de que ele deve ser usado obrigatoriamente na horizontal, ocupando muito espaço.

Além disso, ele deixou de exigir o Kinect e muitos acreditam que isso poderia resultar em uma redução, mesmo que mínima, de tamanho. A própria conexão com a TV, que tinha sido anunciada como um dos grandes diferencias do aparelho nesta nova geração, parece ter ficado de lado e também ajudaria a diminuir as dimensões do One em uma eventual versão Slim.

De qualquer forma, é possível que ainda tenhamos algumas surpresas no futuro — mas não tão breve quanto muitos gostariam. Como o único grande evento que resta no ano é a Tokyo Game Show e a Microsoft já disse que não vai participar, é bem provável que um possível anúncio de um novo modelo do One aconteça somente no ano que vem — isso se realmente houver a intenção disso.

Via: Übergizmo, Phil Spencer (Twitter)

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.