Confira as novidades da nova interface do Xbox One

Por Durval Ramos | 12.11.2015 às 10:54

A Microsoft finalmente trouxe a nova e aguardada atualização do Xbox One, pondo um ponto final no sofrimento dos jogadores que há dois anos lutam contra uma interface confusa e pouco intuitiva. Na versão disponibilizada nesta quinta-feira (12), a empresa redesenha a dashboard do sistema por completo e melhora a experiência de maneira significativa.

Essa mudança no visual é algo que os fãs pedem há muito tempo, principalmente depois da empresa ter colocado o Kinect de lado. A interface original foi pensada para funcionar em conjunto com os comandos de voz do periférico e, com a sua aposentadoria precoce, os jogadores tiveram que lidar com infinitos menus, as diversas opções e a navegação truncada. Assim, uma renovação nesse aspecto era algo mais do que necessário e urgente.

E a chegada da nova versão deixa isso claro. Ela é muito mais simples e acessível para todos os usuários. Para começo de conversa, o Kinect não tem vez por aqui. Ela abandona aquela dependência do acessório e faz com que todas as funções possam ser encontradas com simplicidade e rapidez. Nada de opções escondidas e nem camadas e camadas de menus. Tudo está logo ao seu alcance.

Xbox One atualização

É claro que algumas coisas ainda permanecem. O estilo baseado em tiles continua presente, mas não mais com aquela navegação horizontal semelhante à do Windows 8. A partir desta atualização, todo o conteúdo é organizado de maneira vertical. Assim, aquilo que você mais acessa permanece ali em destaque, enquanto os demais jogos e aplicativos são dispostos em blocos menores ao longo da tela.

Essa é uma solução bem interessante para lidar com as diferentes funções do sistema. O que tornava a interface do Xbox One bastante confusa era que ela integrava não apenas os games e o conteúdo deles, mas também toda a parte social, os vídeos e TV, além da própria loja. A nova versão consegue organizar muito bem essa bagunça.

A começar pelo próprio modo como as conversas e interações com seus amigos são feitas. Não há mais uma tela dedicada a isso, mas uma pequena barra lateral no canto esquerdo. Inicialmente, ela exibe apenas alguns pequenos ícones referentes à quantidade de pessoas online, conversas ativas e demais notificações. No entanto, basta acessá-la para que a área seja expandida e você tenha acesso a todas as informações. Em relação ao que tínhamos até então, é uma evolução e tanto, sobretudo por apostar em simplicidade. E você pode abrir esse menu a qualquer momento a partir de dois cliques no botão Xbox.

Xbox One atualização

A navegação vertical não é algo que se limite apenas à tela de jogos. Na verdade, todas as demais abas (Início, Comunidade, OneGuide e Loja) vão contar com o mesmo sistema. Transitar entre elas é bem fácil e, em cada uma dessas telas, há um mar de conteúdo e informação à sua espera. Tudo fica bem mais preciso e você sabe muito bem onde procurar cada coisa.

Isso facilita não apenas a vida de quem já estava acostumado a lidar com o caos que reinava no Xbox One, mas também novos jogadores. Embora o design seja bem diferente, trata-se da mesma lógica que a Sony já utiliza no PlayStation 4. Assim, por mais que este seja o seu primeiro contato com o sistema da Microsoft, você vai se localizar com muito mais facilidade.

Xbox One atualização

Essa repaginada no visual não se limita apenas à tela inicial do console. Todas as demais seções também foram refeitas para se adequar e ficaram tão simples quanto. Exemplo disso é a própria loja, que deu mais destaque aos títulos e na apresentação de listas, além de também trazer menus que facilitam o gerenciamento de sua conta. Repare na imagem abaixo que a parte superior da tela permite que você filtre as exibições entre jogos, complementos e até serviços de assinatura. Assim, de maneira muito mais intuitiva, você pode acompanhar a renovação ou cancelamento da Xbox Live e EA Access, além de ir direto para os games exclusivos que essas plataformas oferecem.

Xbox One Interface

Retrocompatibilidade

Além do novo visual, a nova atualização do Xbox One também traz outra função há muito tempo esperada pelos fãs: a retrocompatibilidade. A partir desta versão, você pode colocar alguns dos seus jogos do Xbox 360 no console de nova geração e jogar sem qualquer tipo de problema. Mas como isso funciona?

Como anunciado anteriormente, a lista de títulos compatíveis ainda é bem limitada, mas o suficiente para você tirar a poeira da sua coleção. O único problema é que, para poder reviver esses clássicos, é preciso de um pouco de paciência. Em nossos testes, por exemplo, foi preciso baixar um arquivo de instalação de 7,4 GB para que fosse possível iniciar o primeiro Gears of War. Isso porque, mesmo que você tenha a mídia, ele precisa baixar dados para tornar tudo compatível.

Xbox One Interface

Outro detalhe curioso é que, embora tenha sido citado pela Microsoft como um dos games disponíveis dentro da retrocompatibilidade, Gears of War 3 não funcionou.

Nos eixos

Não há como negar o quão positiva é essa nova versão da interface do Xbox One. A atualização traz tudo aquilo que os fãs há tempos pediam e corrige todas as falhas e problemas que acompanhavam o sistema há quase dois anos. A partir de agora, ele realmente se torna acessível e simples de se usar — algo que deveria ter sido feito já quando o console chegou às lojas.

É claro que a dashboard ainda precisa de algumas correções — algumas tiles, por exemplo, simplesmente desaparecem ou ficam inacessíveis de repente —, mas nada que comprometa o enorme salto dado pela Microsoft. A retrocompatibilidade é outra grande conquista, ainda que exija muita paciência do jogador antes de poder voltar a jogar seus games antigos.