Ancine anuncia selecionados de edital que financia a produção nacional de games

Por Redação | 05 de Maio de 2017 às 18h15

O mercado de games brasileiro vem crescendo bastante nos últimos anos, e o governo federal resolveu comprar a ideia e financiar alguns projetos. Para tal, a Agência Nacional do Cinema (Ancine) anunciou nesta sexta-feira (5) a distribuição de R$ 10 milhões para 23 projetos desenvolvidos por produtoras nacionais.

As escolhidas foram filtradas de 123 projetos submetidos para a seleção do programa. A Ancine dividiu as 23 selecionadas em três categorias: oito produtoras ficam na categoria C e recebem entre R$ 237,5 mil e R$ 250 mil; 13 desenvolvedoras ficam na categoria B e recebem entre R$ 255 mil e R$ 500 mil; por fim, duas empresas ficam na categoria A e recebem R$ 975,4 mil e R$ 1 milhão.

Além de representantes da Ancine, a seleção do Programa Brasil de Todas as Telas contou com a curadoria do BNDES e da Apex-Brasil. Os selecionadores levaram em conta itens como viabilidade, riscos, potencial de desempenho artístico e também o potencial de retorno financeiro de cadas proposta.

Os 23 projetos selecionados da primeira edição deste programa foram:

Categoria C

  • Addle Earth – Sunland Estudios de Entretenimento, MG (R$ 250 mil);
  • Baconrun! – Kokku Games, PE(R$ 237,5 mil);
  • Cupins de Tromba Trem – Copa Studio Produtora Audiovisual, RJ (R$ 250 mil);
  • Gravity Heroes – Studica Brasil Software EIRELI, SP (R$ 250 mil);
  • Josh Journey: Totens da Escuridão – Iuri Araújo Cardoso Teixeira, GO (R$ 250 mil);
  • Kriaturaz – Messier Games & Animation, SP (R$ 250 mil)
  • Musashi x Cthulhu – Sandro Tomasetti Desenvolvimento de Software, PR (R$ 248,3 mil);
  • Projeto Sertão – Ep. 2 – Virtualize Interatividade Digital, BA (R$ 250 mil).

Categoria B

  • Areia – Raimbault Humberto & Perereira Tecnologia da Informação, MG (R$ 500 mil);
  • Bugidroids – 44 Entretenimento Interativo e Desenvolvimento de Software, SP (R$ 500 mil);
  • Demagnete VR – BitCake Studio, RJ (R$ 500 mil);
  • Guts – Flux Game Studio, SP (R$ 500 mil);
  • Hero Among Us – A.D.F Desenvolvimento de Jogos, SP (R$ 400 mil);
  • Keen, Cat Nigiri, SC (R$ 255,1 mil);
  • Racketboy – Double Dash Soluções em Jogos Eletrônicos, RJ (R$ 500 mil);
  • Raidboss – Oktagon Desenvolvimento de Jogos Eletrônicos, RJ (R$ 485,8 mil);
  • Sand Bullets – Duaik Entretenimento, SP (R$ 499,4 mil);
  • Silo – J O de Queiroga Neto, AM (R$ 500 mil);
  • Super Volley – Merkel & Scortegagna, RS (R$ 498,2 mil);
  • Terracodex: As Onze Relíquias – Webcore Serviços, SP (R$ 499,4 mil);
  • Tetragon – Cafundó Estúdio Criativo, SC (R$ 400 mil).

Categoria A

  • Arani – Diorama Digital, PE (R$ 975,4 mil);
  • Out of Space – BS Jogos Eletrônicos, DF (R$ 1 milhão).

A Ancine anunciou ainda que o programa abriu um novo edital que vai distribuiu mais R$ 10 milhões para 22 outras desenvolvedoras brasileiras.

Fonte: Ancine

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.