Projetor IllumiRoom não deve chegar ao mercado tão cedo

Por Redação | 02 de Setembro de 2013 às 16h28

No começo do ano, durante a E3, a maior feira de games do mundo, a Microsoft demonstrou sua tecnologia IllumiRoom, um projeto que expande as imagens do game exibidas na tela da TV para todo o ambiente e transforma sua sala de jogos em um cenário de realidade aumentada.

Apesar de ter feito muito gamer por aí babar e ficar na expectativa pelo lançamento do produto, o projetor de realidade aumentada deve demorar bastante para chegar ao consumidor final. Por enquanto, o IllumiRoom deve ficar apenas no setor de pesquisa e desenvolvimento da Microsoft, já que a empresa alega que seria caro demais trazê-lo para o mercado.

Albert Penello, líder do produto do Xbox One na Microsoft, disse em entrevista ao AusGamers que "É realmente super legal se você estiver no laboratório e tiver o dinheiro da Microsoft e puder configurar este laboratório incrível, mas... olhamos para ele, e para um consumidor médio, ele custaria milhares de dólares".

É uma pena, mas isso não quer dizer que ele nunca chegará às prateleiras. Se serve de consolo, o primeiro protótipo do Kinect, o sensor de movimentos do Xbox 360 e do novo Xbox One, custou cerca de US$ 30 mil para ser produzido e hoje pode ser encontrado por pouco mais de 100 dólares no exterior.

Quem sabe daqui alguns anos?

Inscreva-se em nosso canal do YouTube!

Análises, dicas, cobertura de eventos e muito mais. Todo dia tem vídeo novo para você.