Programas originais do Xbox One terão conteúdo interativo

Por Redação | 08 de Abril de 2014 às 10h20
photo_camera Divulgação

A produção de conteúdo original é o que rege os serviços de streaming de entretenimento, mas a Microsoft revela que quer ir além disso. Falando sobre as primeiras seis séries próprias que estrearão no Xbox One, a empresa afirmou que todas elas possuirão algum tipo de conteúdo interativo como forma de ampliar a experiência e o engajamento dos usuários com os shows.

Every Street United, por exemplo, permitirá que os usuários compitam entre si em mini-games inspirados na Copa do Mundo, que é o tema do reality show que estreia em julho e inaugura a oferta de atrações. Já Humans, que conta uma história futurista na qual um pai de família adquire um robô que esconde soturnos segredos, terá conteúdo adicional liberado entre o lançamento dos episódios, de forma que os espectadores continuem acompanhando a trama o tempo todo. Quem explica é o site Bloomberg.

Essas características permitem que, por mais que o conteúdo seja produzido em parceria com canais de televisão e até mesmo exibido por eles, experiências exclusivas estejam disponíveis no Xbox One. Esse é o caso, por exemplo, da própria Humans, que é fruto de uma parceria entre a Microsoft, por meio de seu segmento dedicado a entretenimento, e a emissora britânica Channel 4.

No comando dessa empreitada está Nancy Tellem, ex-diretora da rede de televisão norte-americana CBS que, agora, é responsável pela oferta de shows e atrações do Xbox One. Ela foi contratada pela Microsoft em 2012 justamente para trabalhar nesse setor e coordenar os esforços da companhia no campo do entretenimento em uma época na qual o Xbox One ainda nem mesmo havia sido anunciado.

Ao todo, seis shows já foram confirmados pela Microsoft para o futuro próximo, mas a empresa teria pelo menos uma dúzia deles em diversos estágios de planejamento ou produção. Além do seriado de ficção científica e do reality show futebolístico, estão de pé projetos de comédia com Michael Cera e Sarah Silverman, uma série em stop-motion de Seth Green (o mesmo criador de Frango Robô) e uma adaptação de Halo que está sendo produzida por Steven Spielberg.

Mas, desde já, a empresa informa que o público-alvo principal são os gamers, uma faixa etária de usuários que vai dos 18 aos 34 anos. Assim, a ideia é não se distanciar demais do propósito inicial do Xbox One, que é ser um videogame, mas agregar opções de entretenimento para que os usuários passem mais tempo com o console.

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.