No flagra: Microsoft voltou a usar PCs para demonstrar jogos do XONE na Gamescom

Por Redação | 15.08.2014 às 15:30
photo_camera Divulgação

Não é de hoje que Sony e Microsoft vêm sendo pegas no flagra utilizando computadores para demonstrar seus jogos em feiras e conferências de games. A gota d'água ocorreu na última E3, quando a Microsoft garantiu estar utilizando as capacidades do Xbox One para demonstrar os jogos "em tempo real". Imagens divulgadas à época não só desmascararam o discurso da companhia de Redmond, como também mostraram que ela usou CGs (computações gráficas) para apresentar os games.

Duramente criticada desde então, a Microsoft voltou a pisar na bola nesta semana durante a Gamescom 2014, que acontece até este domingo (17) na Alemanha. O portal CetrumHer diz ter conseguido flagrar o que aparentemente são vários computadores sendo usados para rodar pelo menos um dos títulos ("Ori and the Blind Forest") apresentados ao público.

Ao que tudo indica, Microsoft tentou camuflar os computadores exibindo um Xbox One para o público. Contudo, um dos computadores emitiu um alerta e o jogo foi minimizado e a farsa descoberta

Ao que tudo indica, Microsoft tentou camuflar os computadores exibindo um Xbox One para o público. Contudo, um dos computadores emitiu um alerta e o jogo foi minimizado, expondo a farsa (Imagem: Reprodução/CetrumHer)

Para comprovar a pisada na bola da companhia, o site conseguiu fotografar as máquinas. Nelas é possível ver que os computadores não só estavam rodando o jogo que a companhia disse ser do Xbox One, como também estavam rodando o Windows 7 e equipados com uma série de placas de vídeo da Nvidia ao invés da AMD, que equipa o console de mesa.

A constatação pode ser feita em uma das imagens divulgadas. Ao observar o canto inferior direito da tela do computador, é possível ver que o Windows exibe um alerta informando que há uma atualização para o GeForce Experience.

O alerta em questão se referia a uma atualização do GeForce Experience, software utilizado por placas de vídeo da Nvidia.

O alerta em questão se referia a uma atualização do GeForce Experience, software utilizado por placas de vídeo da Nvidia. Clique para ampliar (Imagem: Reprodução/CetrumHer)

Embora o próprio site tenha admitido que só conseguiu flagrar "Ori and the Blind Forest" rodando nos computadores, nada impede que a Microsoft tenha utilizado a mesma estratégia para outros títulos.

A prática é comum entre desenvolvedoras third

Apresentar jogos em computadores em grandes eventos como a E3 e Gamescom é uma prática comum entre desenvolvedoras third-party como Ubisoft e Activision, por exemplo. No ramo, todos sabem que essas empresas querem mostrar os melhores resultados possíveis ao público para impressioná-lo e gerar aquele hype que todos conhecemos.

A atitude da Microsoft, no entanto, foi vista (de novo) com maus olhos pela mídia especializada. Apesar de Ori and the Blind Forest ter sido anunciado para PC, Xbox 360 e Xbox One, a companhia fez questão de afirmar que a versão rodando nos computadores era a do Xbox One, mesmo com a história já tendo sido desmentida.

A questão que fica, portanto, é o que a Microsoft espera com essa postura. Se for queimar o próprio filme, ela está conseguindo.

Leia também: Fábrica da Nokia vai produzir consoles Xbox One e Xbox 360 no Brasil