Bluestacks surpreende ao criar o GamePop, um 'concorrente' para o Ouya

Por Redação | 15.05.2013 às 07:45

Quem achou genial a ideia de lançar um console barato e com acesso a jogos pagos e gratuitos, como é o caso do Ouya, é porque ainda não viu o GamePop, novo console também baseado em Android que vem por aí. A diferença é que o GamePop acessa a base de dados de games online, assim como ocorre nos serviços de streaming de vídeos, como a Netflix. O catálogo do console promete liberar 500 jogos diferentes e o usuário deverá pagar uma mensalidade bem acessível para acessá-lo. Saiu no Engadget.

O Ouya impressionou por abrir as portas para um novo mundo, funcionando como um smartphone Android ligado a uma TV e dotado de controles remotos para jogar. Para acessar conteúdo, basta se conectar à Internet e acessar a Play Store, baixar (ou comprar) um game legal e pronto. Mas o GamePop faz jus ao nome: a mensalidade será bem em conta (apenas US$ 6,99, ou R$ 14) e terá uma base de games bem recheada de variedades.

Espera-se que o GamePop conquiste novos adeptos e, principalmente, programadores que desejem contribuir para o crescimento do catálogo de games. Sendo assim, a fabricante do console, Bluestacks, já prevê um crescimento considerável para a franquia de jogos.

O console também tem o custo bem baixo: US$ 100, contra US$ 99 do Ouya. Se pudermos chamar os dois consoles de concorrentes, será apenas porque os dois são bem acessíveis financeiramente, mas a abordagem de um é totalmente diferente da do outro: enquanto o Ouya se comporta como qualquer gadget que rode Android, o GamePop está mais para uma locadora online de games.

A Bluestacks ainda não informou nada a respeito dos títulos dos jogos, mas o GamePop já pode ser encomendado em sua pré-venda. Com o frete para o Brasil, o produto sairá a US$ 119,99, ou R$ 240 (sem os impostos).