Mexicano desenvolve cimento que pode substituir iluminação de ruas e estradas

Por Redação | 19.05.2016 às 23:10

A má iluminação de ruas e estradas em algumas cidades do mundo é algo que preocupa todo e qualquer motorista, pois a segurança dos pedestres e pessoas a bordo é o que mais importa. Quando isso ocorre, é preciso dirigir ainda mais na defensiva e redobrar a atenção. Pensando em "solucionar" esse problema e acabar com postes e sinalizadores, um mexicano criou um cimento capaz de emitir luz, e o melhor: com vida útil de 100 anos.

José Carlos Rubio, cientista e pesquisador da Universidade de Michoacan de San Nicolas Hidalgo, no México, explica que levou 9 anos para chegar até o resultado final. Durante todo esse processo, alguns experimentos deram errado, mas ele não desistiu.

De acordo com ele, o cimento tecnológico é um pó que, quando misturado com água, se dissolve como um produto efervescente. Após esse processo, o material se transforma em um gel resistente, porém, com flocos cristalinos que não estavam nos planos. Para resolver esse problema, Rubio precisou mudar toda estrutura da fórmula para que sua invenção fosse apenas gel.

O cimento brilhante tem como base areia, argila, possui o vapor de água como resíduo e absorve a energia do sol durante todo o dia para permanecer aceso por até 12 horas, podendo ser utilizado na cor azul ou verde. Além disso, Rubio garante que é possível controlar a intensidade da luz para não atrapalhar motoristas, ciclistas, etc.

O invento ainda está em fase de implementação e portanto não se sabe a partir de quando será comercializado, mas engenheiros já estudam a possibilidade de utilizar a tecnologia do mexicano em construções para reduzir o consumo de energia elétrica em todo tipo de ambiente.

Via: Upgruv

Cimento brilhante