Empresa japonesa quer construir cidade submarina que abrigue até 5 mil pessoas

Por Redação | 26 de Novembro de 2014 às 23h14
photo_camera Sploid

Inspirada nas lendas da cidade perdida de Atlântida, uma empresa do Japão chamada Shimizu Corp anunciou o projeto de uma metrópole que será construída embaixo d'água. De acordo com informações do site Sploid, o centro será capaz de abrigar cerca de 5 mil pessoas que poderão viver e trabalhar a centenas de metros da terra firme.

A cidade oceânica será erguida em uma estrutura de três partes. A primeira é uma esfera que fica logo abaixo da superfície, e será uma espécie de point social, onde os moradores terão acesso a hotéis, empresas e edifícios residenciais. Essa esfera, que pode ser mergulhada até 4 mil metros de profundidade em casos de mau tempo no mar, seria conectada à segunda estrutura do complexo: uma espiral de 15 quilômetros que desce até o fundo do oceano e que funcionará como uma fábrica.

Cidade Submarina

A fábrica em questão aproveitaria os recursos naturais do próprio mar para gerar energia dentro da cidade. Entre os materiais que podem ser utilizados estão metais e microorganismos que irão transformar o dióxido de carbono capturado na superfície em metano.

Cidade Submarina

A Shimizu acredita que seu projeto receberá apoio do governo, assim como de investidores e instituições privadas - a Universidade de Tóquio e a agência japonesa de ciência de tecnologia já estão envolvidas no conceito. A construtora diz que a cidade submarina custaria cerca de três trilhões de ienes (US$ 25 bilhões), e que todos os recursos necessários para erguer a metrópole podem estar disponíveis até 2030.

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.