Brasil sobe quatro posições no ranking de computação em nuvem

Por Wagner Wakka | 09 de Março de 2018 às 08h59

O Brasil é o 18º país com as melhores políticas de computação em nuvem entre um ranking de 24 nações. O estudo Tabela de Desempenho Global sobre Computação em Nuvem avalia as política relacionadas à computação em nuvem em regiões líderes no mercado de TI.

A pesquisa foi feita pelo BSA | The Software Alliance, defensora global do setor de software perante governos e no mercado internacional. Neste ano, o Brasil subiu quatro posições, mas ainda figura atrás de outros países emergentes como África do Sul, Argentina e México.

No topo, está Alemanha como a melhor avaliação por conta de políticas recentes de segurança cibernética e motivação do livre comércio. Na outra ponta, figuram Rússia, China, Indonésia e Vietnã, onde a limitação de livre circulação de dados ainda freia o avanço destes países na área de TI.

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

O levantamento da BSA leva em conta as políticas que contribuem para ao crescimento da computação em nuvem nos últimos cinco anos. Ou seja, traz uma análise mais social e de infraestrutura que de número diretos.

“O objetivo deste ranking é fornecer uma plataforma de discussão entre formuladores de políticas e provedores de serviços em nuvem. Este diálogo pode ajudar a desenvolver um regime internacional comum de leis e regulamentações que facilitem a computação em nuvem”, explica Antonio Eduardo Mendes da Silva, conhecido no mercado como Pitanga, em comunicado oficial da BSA.

O estudo ainda traz uma análise qualitativa do mercado como um todo. Ao que diz respeito ao Brasil, ele mostra que os mercados emergentes continuam atrasando a adoção de políticas pró nuvem, sobretudo por conta de falta de segurança cibernética. O estudo completo pode ser visto no site oficial da BSA.

Veja ranking completo:

  1. Alemanha
  2. Japão
  3. Estados Unidos
  4. Reino Unido
  5. Austrália
  6. Singapura
  7. Canadá
  8. França
  9. Itália
  10. Espanha
  11. Polônia
  12. Coreia do Sul
  13. México
  14. Malásia
  15. África do Sul
  16. Turquia
  17. Argentina
  18. Brasil
  19. Tailândia
  20. Índia
  21. Rússia
  22. China
  23. Indonésia
  24. Vietnã
Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.