Brasil fica em 8º no ranking global sobre condições de oferta de cloud computing

Por Redação | 07 de Abril de 2016 às 12h00

A Asia Cloud Computing Association (ACCA) realizou um levantamento sobre os países que possuem as melhores condições para a oferta de computação em nuvem. O Brasil aparece a oitava posição entre os países analisados pela organização. O líder do ranking é Hong Kong.

Nas posições seguintes da lista da ACCA aparecem Cingapura, Nova Zelândia, Alemanha, Reino Unido, Austrália, Japão e Estados Unidos. O Brasil está empatado com Malásia, África do Sul e Emirados Árabes Unidos na oitava colocação.

Para elaborar o ranking, a organização levou em conta 10 parâmetros, que incluem conectividade internacional, disponibilidade e sustentabilidade de energia elétrica, risco a datacenters, qualidade da banda larga, privacidade, cibersegurança, proteção à propriedade intelectual, sofisticação dos negócios, liberdade de informação e ambiente regulatório.

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

Ranking de preparação para nuvem

O Brasil obteve as melhores pontuações nos parâmetros relativos à segurança, liberdade e energia. As piores avaliações ficaram por conta dos riscos a datacenters, proteção à propriedade intelectual e conectividade internacional. De acordo com a ACCA, esta "é a primeira vez que a pesquisa sobre os 14 mercados da Ásia-Pacífico incluem seis mercados não asiáticos para comparação".

Segundo Lim May-Ann, diretor executivo da ACCA, "a próxima fase para os mercados é colocar em prática políticas fortes que permitam transferências internacionais de dados, cibersegurança e preocupações com a privacidade dos consumidores e das empresas".

Fonte: Convergência Digital

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.