Autodesk abre suas ferramentas de criação de produtos para parceiros

Por Redação | 04.12.2015 às 09:00

No que depender da Autodesk, o dia em que apenas engenheiros, arquitetos e designers de produtos serão os usuários de aplicativos como o AutoCAD e afins estão contados. A companhia anunciou nesta terça-feira (1) o lançamento da Forge, uma iniciativa que vai usar a cloud computing para expandir a utilização de seus softwares, além de um fundo de investimento para fomentar ideias de inovação a partir de empresas pequenas.

Entrando no mundo das plataformas como serviço (PaaS), a Autodesk tem como principal objetivo construir um ecossistema de desenvolvedores parceiros ao redor de suas soluções consagradas. Os participantes terão acesso não apenas aos sistemas de design e produção da companhia, mas também a tecnologias de Internet das Coisas – fruto da recente aquisição da SeeControl, uma empresa especializada em sensores – e outras soluções baseadas na nuvem.

Além do foco em tecnologias em si, a Autodesk deixa claro que sua intenção também é olhar para as pessoas. Por isso, está lançando também um fundo de investimentos no valor de US$ 100 milhões para apoiar empresas emergentes que estejam trabalhando em soluções inovadoras baseadas nas soluções da companhia. Além do montante que será distribuído ao longo dos próximos anos, a iniciativa conta também com treinamento, suporte técnico e apoio gerencial para as startups.

No anúncio, a companhia revelou também que mais desenvolvimentos desse tipo devem aparecer no futuro, e que o Forge é uma evolução natural do que já vem acontecendo com suas ferramentas há alguns anos. Recentemente, por exemplo, a empresa lançou o AutoCAD 360, que permite a abertura de projetos criados no computador em um dispositivo móvel, e deu grande foco na nuvem para o compartilhamento de trabalho e disponibilidade de projetos em qualquer lugar em que o usuário esteja.

As novidades foram anunciadas durante a Autodesk University, um encontro da companhia com seus desenvolvedores, parceiros e usuários, que aconteceu no início desta semana em Las Vegas, nos Estados Unidos. A ideia é que os primeiros passos do Forge já sejam dados em 2016.

Fontes: Autodesk (Business Wire), Fortune