Amazon tem 31% do mercado de infraestrutura em nuvem, segundo Gartner

Por Redação | 17 de Agosto de 2016 às 18h03

A Amazon Web Services (AWS) continua liderando o mercado de infraestrutura de nuvem, segundo os números divulgados pela consultoria Gartner. A empresa passou o segundo trimestre de 2016 com 31% da quota de mercado, seguida da Microsoft, IBM e Google. A Amazon tem conseguido a liderança devido à sua ampla gama de serviços em nuvem, principalmente com a IaaS (infraestrutura como serviço).

Desde 2006, quando assumiu o topo dos serviços de infraestrutura em nuvem, a companhia continua a crescer rapidamente no ramo, melhorando consideravelmente sua quota. Apesar disso, a concorrência da Microsoft, IBM e Google tem aumentado a um ritmo impressionante. No segundo trimestre, o mercado global de serviços de infraestrutura em nuvem expandiu 51% na comparação anual, com Microsoft e Google atingindo mais de 100% de crescimento. As vendas do AWS cresceram 53% no trimestre anterior, mas sua taxa de crescimento tem diminuído gradualmente, com 63% no quatro trimestre de 2015 e 57% no primeiro trimestre de 2016.

Infraestrutura de nuvem

Para combater a concorrência no setor, um dos objetivos da Amazon é oferecer uma oferta de nuvem mais abrangente. Por isso, a empresa abriu dois novos centos de dados em Mumbai, na Índia, para acelerar a expansão de seus serviços de nuvem na região da Ásia-Pacífico. Os novos data centers ajudarão a empresa a conquistar novos clientes, explorando a crescente demanda por serviços de infraestrutura de nuvem na região.

Outra tendência importante divulgada pela Gartner é que as quatro principais empresas do setor aumentaram juntas sua participação de mercado, de 51% no quatro trimestre de 2015 para 54% no segundo trimestre de 2016. Isso deve-se ao fato de tais empresas realizarem aquisições, como no caso da Cloud9 pela Amazon, e também por oferecerem mais ofertas e qualidade em seus serviços.

Via Forbes

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.