Amazon "estragou" a internet nesta terça-feira

Por Redação | 28 de Fevereiro de 2017 às 18h16

A Amazon Web Services é uma das maiores empresas da internet, pelo menos quando se trata de hospedar diversos sistemas de empresas e serviços online na nuvem. Ou seja, se a Amazon cai, diversos players da web caem com ela. E foi isso o que aconteceu no início da tarde desta terça-feira (28).

Divesos serviços hospedados pela AWS estiveram inacessíveis devido a uma falha no data center da Amazon na Virgínia. É um dos centros de dados mais antigos da companhia, mas que ainda guarda os dados de diversas empresas grandes.

Segundo usuários, empresas como Slack, JWPlayer, SocialFlow e Imgur saíram do ar devido à queda do DC da Amazon, assim como milhares de outros sites e serviços.

De acordo com o Gizmodo, site norte-americano que também tem parte de sua operação baseada em servidores da AWS, este é um exemplo de como a internet norte-americana (e de diversos serviços globais) dependem da Amazon - e caso ela caia, a internet pode ficar debilitada em questão de minutos.

Um grande player que utiliza extensivamente os serviços da Amazon é o Netflix. Entretanto, devido ao fato que a empresa replica boa parte de seus conteúdos em diversos data centers da empresa, poucos usuários passaram por dificuldades ao utilizar esta plataforma.

De qualquer forma, o problema apresentado pela Amazon nesta terça mostra como a queda de data centers podem afetar as atuais redes e sistemas baseados em nuvem, sejam eles por falhas internas ou por ataques de fora. Vale lembrar o ataque DDoS ocorrido no ano passado contra os sistemas do provedor de DNS Dyn, que tirou diversos sistemas online do ar, afetando globalmente a internet.

Siga o Canaltech no Twitter!

Não perca nenhuma novidade do mundo da tecnologia.