VMware apresenta alta de 18% em relação ao terceiro trimestre do ano passado

Por Redação | 27 de Outubro de 2014 às 17h49
Tudo sobre

VMware

A empresa VMware, destaque global em virtualização e infraestrutura em nuvem, apresentou nesta segunda-feira (27) os resultados financeiros do terceiro trimestre de 2014. O destaque fica por conta do crescimento de 18% em relação ao mesmo período do ano passado, o que gera faturamento de US$ 1,5 bilhão a mais.

“A nossa receita no terceiro trimestre cresceu 18%, refletindo a forte adoção dos consumidores dos nossos produtos e serviços”, diz Jonathan Chadwick, chefe do escritório financeiro da VMware.

A margem operacional para o terceiro trimestre foi de US$ 242 milhões, uma queda de 16% ante ao terceiro trimestre de 2013, em reflexo ao impacto da aquisição da AirWatch, empresa do setor de soluções empresariais. O lucro líquido para o período foi de US$ 194 milhões, queda de 26% por ação diluída, em comparação com os US$ 261 milhões do ano passado.

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

“Em todas as regiões do mundo, os clientes estão fazendo uma aposta de longo prazo na VMware para que nós os auxiliemos a transformar as suas empresas e a adotar um novo modelo para a Tecnologia da Informação,” disse Pat Gelsinger, presidente da VMware. “Os clientes estão procurando a VMware para ter opções de tecnologia que os liberam das restrições de hardware e que ofereçam um novo modelo de segurança, otimizado para um mundo de milhões de aplicações”.

Entre as soluções mais recentes, a VMware lançou a vRealize Suite 6, plataforma de gerenciamento de nuvem construída especificamente para fazer o gerenciamento da nuvem híbrida. A empresa também anunciou uma iniciativa conjunta com a plataforma para desenvolvedores Docker, o Google e a desenvolvedora de software Pivotal para auxiliar as empresas a rodar e gerenciar as suas aplicações baseadas em conteineres em uma plataforma comum.

“Estamos especialmente felizes com o desempenho das nossas novas unidades de negócio como mobilidade, rede, armazenamento e nuvem híbrida, que tiveram progresso significativo em relação à nossa estratégia de longo prazo”, complementa Chadwick.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.