Microsoft planeja a construção de data center alimentado por gás de esgoto

Por Redação | 20 de Novembro de 2012 às 13h44
photo_camera BGR

A Microsoft anunciou nesta segunda-feira (19) que irá iniciar os testes para a construção de um novo data center alimentado pelos gases liberados por uma central de tratamento de água e esgoto na cidade de Cheyenne, Wyoming, Estados Unidos. As informações são do Technology Review.

A empresa recebeu a aprovação de entidades locais para iniciar os testes de um data center modular movido por biogás, criado a partir dos resíduos de tratamento de esgoto e água. O projeto vai demorar 18 meses para ser concluído e terá um investimento de US$ 5,5 milhões (R$ 11,4 milhões). O trabalho foi financiado pela Microsoft, FuelCell Energy e pelo governo estadual de Wyoming.

Com o projeto, a empresa de Redmond acredita que poderá planejar a instalação de pequenos centros de dados movidos a biogás em locais com aterros sanitários, estações de tratamento e até em fazendas de gado em todo o mundo. No centro de Cheyenne, uma célula de combustível com potência de 300 quilowatts será responsável por produzir energia suficiente para abastecer um centro do tamanho de um container, que será usado para armazenar dados de pesquisa da Universidade de Wyoming.

Estações de tratamento

Reprodução: BGR

O data center irá consumir 200 quilowatts de energia elétrica e o processo ainda irá oferecer energia suficiente para alimentar um digestor anaeróbico, que realiza a conversão dos resíduos em gás. O gás, em sua maioria metano e dióxido de carbono, será limpo e tratado antes de alimentar as células de combustível do centro de dados.

Além dos benefícios ecológicos, o novo modelo de data center pode ajudar a Microsoft a economizar com a infraestrutura elétrica de grandes centros. Ou seja, a empresa poderá inaugurar pequenos centros em locais onde a venda de biogás para outras localidades não é barata e utilizar o combustível na alimentação do seu centro.

O projeto da Microsoft será completamente independente da rede de transmissão de energia, mas outras empresas de computação na nuvem estão testando um mecanismo híbrido de alimentação dos seus data centers, com células de biogás e o uso da rede local de energia.

Empresas como Microsoft, eBay e Apple estão investindo nas pesquisas e desenvolvimento de células de combustível como parte dos seus planos de diminuição de emissão de poluentes. Ao mesmo tempo, os esforços são ideais para as companhias que precisam aumentar a capacidade e diminuir os gastos com energia elétrica dos seus grandes data centers.

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.