Cinco tendências que devem fortalecer a computação em nuvem em 2014

Por Colaborador externo | 30.01.2014 às 09:40

Por Luan Gabellini*

O ano de 2014 promete apresentar evoluções em relação à computação em nuvem, uma tecnologia de grande potencial que, embora esteja presente no nosso dia-a-dia, ainda tem muito a oferecer. Veja a seguir cinco tendências que devem fortalecer o uso do cloud como serviço:

On e offline cada vez mais conectados: As redes sociais tornaram-se rapidamente o principal organizador da comunicação pela Internet. Essas ferramentas ofereçam enormes oportunidades, não só de relacionamento pessoais e profissionais, mas também de compras. Entretanto, as facilidades também trazem riscos e preocupações, e todos os dados e imagens pessoais (às vezes íntimas) podem ser roubados e utilizados indevidamente, prejudicando a reputação do indivíduo dentro e fora da web. Por isso, torna-se cada vez mais importante tomar cuidado com o armazenamento de fotos e dados pessoais.

Digitalização do governo: Entidades governamentais e outras empresas têm adotado com maior frequência o uso de tecnologias de informação e comunicação (TIC) para fornecer e melhorar os serviços públicos, transações e interações com os cidadãos. Trata-se de uma política de governo digital, ou e-governo, que deve ser ampliada a partir de 2014.

Desenvolvedores no comando: Com tantas plataformas e linguagens diferentes, o mercado tem dificuldade em preencher a lacuna de vagas porque simplesmente não há programadores suficientes. Essa procura insaciável por desenvolvedores deve permanecer para 2014, colocando-os em posição privilegiada, com ofertas de altos salários e status para os melhores currículos.

Redes móveis de última geração: A febre do mobile explodiu entre todas as cidades no país. O uso dos smartphones já vai muito além das postagens nas redes sociais, hoje o celular compra ingressos, comida, paga o táxi e oferece uma enorme quantidade de conteúdo multimídia. Com a chegada dos grandes eventos, como a Copa do Mundo, as operadoras de telefonia móvel estão se preparando para competir pela hegemonia do 4G, que será cada vez mais demandada. Junto a ela, crescerá a gama de produtos e serviços oferecidos pela rede.

Um novo jeito de aprender: Hoje em dia os alunos de todos os cantos do mundo podem se inscrever para aulas on-line para estudar idiomas, Ciências da Computação, História, Psicologia, Astronomia, entre outros, muitas vezes gratuitamente. O interesse em cursos online deve saltar, e o aumento da oferta, juntamente às melhorias tecnológicas, elevará o e-learning para outro patamar.

*Luan Gabellini é sócio fundador da BetaLabs, empresa especializada no desenvolvimento de sistemas de gestão empresarial (ERP), e-commerce e softwares sob medida em cloud computing