CIOs estão transferindo mais informações para a nuvem, revela pesquisa

Por Redação | 03.04.2014 às 09:25
photo_camera MegaWork

A Unisys, empresa de serviços de TI, realizou uma pesquisa com 350 executivos de diversas partes do mundo sobre suas prioridades atuais e futuras com relação aos gastos em tecnologia da informação. Entre as respostas, a computação na nuvem se destacou como tecnologia cada vez mais presente na gestão de dados.

A pesquisa foi realizada ao longo de 2013 e contou com a participação de gerentes seniores de TI dos Estados Unidos, Europa e América Latina, incluindo o Brasil.

A preocupação com segurança foi citada por 70% dos gerentes como o maior obstáculo para implementação de estratégias baseadas em cloud computing. Os participantes também citaram a gestão das informações (45%) e a capacidade em atender aos padrões corporativos (42%) como os principais desafios para implantações na nuvem.

No entanto, mesmo com limitações, mais da metade dos executivos de empresas com mais de mil funcionários disseram ter pelo menos uma aplicação ou parte da sua infraestrutura de TI na nuvem e aproximadamente 26% de suas informações empresariais já estão em um ambiente de nuvem privada. A estimativa é que esse número aumente para 32% nos próximos 18 meses e os gastos com SaaS (Software como Serviço) aumentem nos próximos 12 meses.

"Os problemas de segurança não estão impedindo que os CIOs utilizem a nuvem para reduzir os custos e aumentar a agilidade em sua organização", afirmou Colin Lacey, vice-presidente da Unisys para as áreas de serviços e soluções de transformação em nuvem e data center. "Esses resultados mostram que os executivos seniores de TI estão adotando uma abordagem pragmática e ponderada para o uso da nuvem, utilizando modelos de distribuição de software como serviço e de nuvem privada para garantir o fornecimento seguro e consistente de serviços de TI a seus clientes e funcionários".

Os objetivos dos investimentos em cloud computing são redução de custos, gerenciamento da infraestrutura de TI de modo mais eficiente e a possibilidade de inovar os processos de negócios. A velocidade de implantação, o aumento da flexibilidade e a possibilidade de continuidade dos negócios também foram citados como os principais motivadores para o uso de recursos baseados em nuvem.

Entre os gerentes entrevistados, 44% afirmaram que já estavam pesquisando ou já estão testando novas aplicações de SaaS ou de nuvem.