Stories, do Instagram, está criando uma nova forma de paquerar online

Por Redação | 10 de Agosto de 2017 às 08h51

Lançado há cerca de um ano, o Stories, do Instagram, bateu de frente com o Snapchat e causou grandes impactos. Seu público-alvo tem a faixa dos 20 anos de idade, e são pessoas que não se contentam em apenas publicar fotos e vídeos de gatinhos, selfies e refeições em seus perfis, usando a ferramenta para mostrar o que está acontecendo ali ao seu redor. Mas a juventude adepta do recurso também tem aproveitado o Stories para paquerar.

Esses jovens têm usado algo chamado “thirst trap” (algo que pode significar uma foto ou mensagem postada como armadilha para quem tem sede de paquera) para chamar a atenção de pretendentes. Funciona assim: ao publicar um vídeo no Stories estando deitada na cama fazendo um “charminho”, a possibilidade de se responder, no privado, àquela publicação faz com que os xavequeiros de plantão aproveitem a deixa para puxar um papo e, quem sabe, engatar um romance. Com esse hábito, muitas pessoas publicam fotos e vídeos com a intenção de chamar esse tipo específico de atenção.

Exemplo de “thirst trap”: a jovem publicou uma foto mostrando seus lábios vermelhos e perguntando "por favor me digam por que vocês assistem aos meus Stories no Instgram" (Reprodução: Vice)

Desde o lançamento do Tinder, não víamos um app moldar a maneira com que as pessoas paqueravam pela internet como está acontecendo com as respostas dos Stories, do Instagram. Talvez isso abra as portas para que até mesmo o Tinder mude um pouco os recursos de seu aplicativo, ou, então, que novos apps de relacionamento se aproveitem do atrativo do “thirst trap”, que já vem funcionando muito bem.

Fonte: Vice