Novidade? Caminhar mexendo no celular faz o indivíduo ser mais cauteloso

Por Redação | 07 de Agosto de 2015 às 08h18

Embora todos nós saibamos que a nossa atenção é praticamente extinguida quando estamos interagindo com um aplicativo no smartphone durante uma caminhada, um estudo foi compartilhado por pesquisadores do departamento de saúde da Texas A&M University, em parceria com a universidade britânica de Bath, para comprovar o óbvio: temos um jeito engraçado de andar sempre que mexemos no celular.

Os membros das universidades reuniram 30 participantes entre 18 e 50 anos com o objetivo de analisá-los durante um trajeto composto por elevações, faróis e pedestres. O teste consistiu em três etapas: uma caminhada padrão com o smartphone no bolso, um passeio conduzido por uma mensagem de texto e uma andada durante um teste simples de matemática em um software.

Como era de se esperar, os participantes levaram mais tempo para concluir o percurso nas duas últimas etapas, visto que todos eles apresentaram passos mais curtos e lentos para compensar o campo de visão limitado. Os indivíduos também elevavam mais os pés, justamente para evitar possíveis degraus inesperados.

"Descobrimos que os nossos voluntários foram muito bem ao ajustarem cautelosamente a forma de caminhar para evitar um possível risco de acidente, sendo que houveram ocasiões raras em que um voluntário colidiu com algum obstáculo do itinerário pré-estabelecido. Isso pode ter ocorrido, pois grande parte dos participantes cresceram utilizando smartphones diariamente em suas rotinas", declarou Polly McGuigan, professora do departamento de saúde da Universidade de Bath, em relatório oficial.

No decorrer dos testes, um sistema de análise de movimento 3D foi usado para mapear e avaliar o deslocamento dos voluntários. É válido ressaltar que pessoas dependentes de medicamentos que ocasionam tontura e outros efeitos colaterais semelhantes foram descartadas do estudo.

Via: Bath UK

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.