Holandesa publica selfies denunciando assédio masculino nas ruas de sua cidade

Por Redação | 06 de Outubro de 2017 às 15h33

Receber cantadas indesejadas por aí não é algo que acontece somente com as brasileiras. A estudante holandesa Noa Jansma, de 20 anos, decidiu começar a expor o problema tirando selfies com homens que a abordaram de maneira desrespeitosa nas ruas de sua cidade.

As fotos registradas ao longo de um mês foram publicadas em uma conta do Instagram, gerando grande repercussão. Outras usuárias que passam por situações similares apoiaram a ideia, e Jansma disse que costuma ser abordada de diferentes maneiras por homens, desde com assobios, até convites para fazer sexo, sendo que alguns chegam a ultrapassar todos os limites e a seguram pelo braço durante a abordagem.

#dearcatcallers "Babyyyyyyyy! THANKYOU" *blowkiss* (slide ➡️)

A post shared by dearcatcallers (@dearcatcallers) on

Mas, em vez de reagir ali, ao vivo, arriscando uma represália, ela decidiu começar a tirar selfies com os agressores. Muitos deles até chegam a posar para a foto, como se assédio fosse digno de brincadeira. A moça revelou, ainda, que ela não contou para os homens qual o propósito da foto, a menos que eles perguntassem. Mas ela faz questão de dizer que não deseja causar constrangimento a eles, sendo que seu objetivo é denunciar o problema, que é global, e não individual.

"Se esses homens me pedirem para tirar a foto deles do Instagram, vou fazer isso, porque não quero arruinar a vida deles", disse a jovem, que acredita que "é como se fosse um espelho, eles invadem a minha privacidade na rua diante de todo mundo, então eu também invado a privacidade deles".

Com esse Instagram, Jansma pretende conscientizar outras mulheres para que comecem a denunciar casos de assédio do tipo, bem como mostrar aos homens como suas investidas desrespeitosas são desconfortáveis.

Fonte: BBC

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.