Brasileiro gasta três vezes mais tempo no mobile que no desktop

Por Redação | 27.10.2016 às 19:10

Os primeiros resultados do novo estudo Global Digital Future In Focus, que analisa mais de 40 mercados em todo o mundo sobre a evolução da audiência digital, comportamento e publicidade, acabaram de ser divulgados pela ComScore. A pesquisa apontou que 78% da audiência global da internet via desktop fica por conta de Ásia, Pacífico, Europa, Oriente Médio e África. Sozinha, a América do Norte representa 12%, enquanto a América do Sul fica com 8% do total.

Os números mostram que mesmo com o crescimento massivo dos smartphones e tablets, o uso do desktop para acessar a internet continua estável, e até apresenta altas em certas regiões. É o caso da Europa e do Oriente Médio, que cresceram 2% em acessos, da Ásia e Pacífico, que registraram aumento de 4%, da América do Norte, que subiu 1% e da América do Sul, que viu um crescimento de 11% na categoria.

Também foi analisado o comportamento dos usuários de desktop, divididos em "heavy users" e "light users". Os mais ávidos passam 100% do tempo online conectados às redes sociais, enquanto 90% pesquisam informações sobre viagens, 96% leem notícias e 59% comparam informações de compras. Entre os usuários menos assíduos, a frequência de tempo cai para 62% em mídias sociais, 35% em viagens, 20% em notícias e 14% em sites de compras.

Outro dado interessante dá conta de que a maioria dos consumidores usa o mobile para complementar a experiência online, sendo que grande parte da audiência usa primeiro o mobile e, depois, o computador. De todos os mercados avaliados, merecem destaque o Brasil e a Espanha, que mostraram índices significativos neste quesito. No Brasil, 29% dos usuários migraram para o desktop depois de utilizar o mobile, e na Espanha, esse número é de 37%.

Na pesquisa, os dados mostraram que os jovens sentem-se satisfeitos usando apenas o celular ou tablet para navegar na internet. Dos usuários entre 18 e 24 anos de todo o mundo, 13% não usa mais o desktop, enquanto 79% dos usuários entre 25 e 39 anos tendem a usar mais de uma plataforma.

Em termos de Brasil, o tempo gasto no celular é 283% superior ao passado no computador tradicional. Entretanto, embora consuma muito mais vídeos, os usuários mais jovens tendem a ver menos publicidade online que os mais velhos.

Via Meio&Mensagem