Adolescentes estão fazendo plásticas para se parecerem com filtros do Snapchat

Por Jessica Pinheiro | 03 de Agosto de 2018 às 14h09

Fazer cirurgias para se parecer com celebridades é coisa do passado. Depois de pessoas querendo se transformar na boneca Barbie e no boneco Ken, os cirurgiões plásticos se deparam com mais um desafio estético da modernidade: adolescentes que querem se parecer com seus filtros favoritos do Snapchat.

Para explicar essa nova tendência, a diretora do Centro de Pele Étnica do Boston Medical Center, Dra. Neelam Vashi, usa o termo “dismorfia no Snapchat”. De acordo com ela, em um artigo recentemente publicado no Journal of the American Medical Association’s Facial Plastic Surgery, os jovens de hoje estão transformando cada vez mais a percepção das pessoas sobre a beleza.

Para exemplificar isso, ela comenta sobre filtros de embelezamento que podem, dentre muitos outros recursos, embranquecer ou clarear dentes e ainda diminuir os lábios. Parece pequeno, mas isso pode estar começando a virar um problema real, levando as pessoas à dismorfia corporal. Essa condição envolve “preocupação excessiva com uma suposta falha na aparência, classificada no espectro obsessivo-compulsivo”.

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

A dismorfia do Snapchat se trata de um desdobramento dessa mesma condição, levando adolescentes a se transformarem em hipercríticos de linhas de expressão, defeitos e imperfeições que, na verdade, são completamente normais. Essas características realçadas pelos jovens e classificadas como falhas são geralmente mascaradas por filtros do Snapchat.

Os profissionais evitam proceder com esse tipo de cirurgia em crianças que ainda estão em pleno desenvolvimento, mas, curiosamente, a Academia Médica Americana de Cirurgia Plástica Facial e Reconstrutiva diz que, em 2017, 55% dos médicos já testemunharam pacientes que “queriam parecer melhores em suas selfies”.

Segundo a Dra. Vashim, a rinosplatia costumava ser um dos pedidos mais comuns, mas agora as pessoas estão pedindo para ficar parecidas com a aparência que adquirem ao aplicar filtros do Snapchat. O objetivo é geralmente corrigir a assimetria, uma característica normal. Os rostos simétricos são vistos como mais atraentes, e os filtros de embelezamento costumam afinar as linhas de expressão e mascarar rugas e manchas, suavizando e iluminando o rosto para disfarçar a assimetria.

Fonte: The Next Web

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.