Pela primeira vez, mais da metade de brasileiros usa celular para navegar na web

Por Redação | 20 de Junho de 2013 às 15h15

A E.Life, empresa de gestão em redes sociais e inteligência de mercado, divulgou os resultados de sua quarta pesquisa sobre o comportamento e os hábitos dos brasileiros na internet, intitulado 'Hábitos e Comportamentos dos Usuários de Redes Sociais no Brasil'. O estudo consultou 650 brasileiros por meio de questões distribuídas nas redes sociais como blogs, Twitter e Facebook.

A pesquisa mostrou que 53% dos brasileiros navega na internet via celular, com 10% do montante afirmando que este é o seu principal meio de acesso à rede. O acesso através de smartphones e tablets já é feito por 62% das pessoas entrevistadas, enquanto a navegação na internet por meio de notebooks atinge 66%. Mas, o meio mais utilizado para acessar a internet no país, segundo a pesquisa, continua sendo os desktops, com 75%.

O tempo gasto na internet acessada pelo celular ficou abaixo do registrado por outros dispositivos, com 55% dos entrevistados afirmando que passam mais de 10 horas por semana na rede com seus celulares. Entre os usuários de tablets, 46% afirmam que passam até 20 horas semanais na internet, enquanto, no geral, os internautas brasileiros passam pelo menos 30 horas por semana navegando na web. A pesquisa também revelou que 34% já navegam mais de 40 horas por semana.

Entre as atividades que os entrevistados afirmaram mais praticar na internet enquanto estão conectados estão as redes sociais, com 98%. O Facebook lidera a preferência dos brasileiros, com 81%, e o Google+ foi a rede social que mais apresentou crescimento segundo o levantamento da E.Life. No último ano, 56% dos entrevistados afirmaram que possuíam um perfil no Google+, percentual que subiu neste ano para 71%. Em contrapartida, o Orkut caiu cerca de 21 pontos percentuais, saindo da segunda posição entre as redes sociais preferidas dos internautas; antes, conquistava 75% dos usuários. Agora, foi para a quinta colocação, com 57%.

A pesquisa mostra uma forte tendência entre as redes sociais de compartilhamento de imagens, como Instagram, recebendo 22% dos entrevistados nos três meses anteriores ao estudo, e o Pinterest, conquistando 10% dos entrevistados.

As redes sociais ainda ficaram no quarto lugar no ranking de canais preferidos pelos internautas brasileiros para fazer reclamações e entrar em contato com o SAC (serviço de atendimento ao consumidor) de muitas empresas, registrando 52% do total de reclamações, atrás apenas do telefone (78%), e-mail (73%) e site (72%). No Facebook, 93,3% dos entrevistados afirmaram 'curtir' e seguir páginas de marcas e empresas, e 43% também revelaram que passaram a admirar marcas depois que começaram a acompanhar suas publicações na rede social.

O conceito de segunda tela foi outro tema abordado pela pesquisa da E.Life. Com crescimento de 20 pontos percentuais em comparação a 2012, 71% dos entrevistados afirmaram que assitem à televisão enquanto navegam em seus dispositivos móveis, e 50% afirmaram que escutam programas de rádio enquanto estão navegando na web. E 26% afirmaram que escolhem o que vão assistir na TV com base nos comentários nas redes sociais, enquanto 16% contam em seus perfis o que estão assistindo.

Siga o Canaltech no Twitter!

Não perca nenhuma novidade do mundo da tecnologia.