Jovem é preso após postar selfie com cadáver no Snapchat

Por Redação | 09 de Fevereiro de 2015 às 15h16
Divulgação
Tudo sobre

Snapchat

Um jovem americano de 16 anos chamado Maxwell Marion Morton está sendo acusado pelo assassinato de uma colega de sala após postar uma foto no Snapchat. Segundo a polícia, após o crime, Morton enviou para outro colega uma selfie junto ao cadáver de Ryan Mangan com um ferimento de bala no rosto. As informações são da BBC.

Ao receber a imagem, o aluno fez um printscreen para que sua mãe entrasse em contato com a polícia dos Estados Unidos. O suspeito também teria enviado mensagens de texto ao outro estudante com referências ao crime, além de demonstrar que pretendia fazer novas vítimas. "Ryan não foi a última", disse.

A promotoria vai utilizar o Snapchat como evidência chave do assassinato. Segundo a polícia, a foto mostra a vítima sentada em uma cadeira com um tiro no rosto e também fica claro o rosto do adolescente em frente ao cadáver. A foto ainda trazia a inscrição "Maxwell" na parte superior.

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

Maxwell decidiu confessar o crime após uma pistola 9mm ser encontrada em sua casa pela polícia. Ele será julgado como um adulto.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.