Jovem é preso após postar selfie com cadáver no Snapchat

Por Redação | 09.02.2015 às 15:16
photo_camera Divulgação

Um jovem americano de 16 anos chamado Maxwell Marion Morton está sendo acusado pelo assassinato de uma colega de sala após postar uma foto no Snapchat. Segundo a polícia, após o crime, Morton enviou para outro colega uma selfie junto ao cadáver de Ryan Mangan com um ferimento de bala no rosto. As informações são da BBC.

Ao receber a imagem, o aluno fez um printscreen para que sua mãe entrasse em contato com a polícia dos Estados Unidos. O suspeito também teria enviado mensagens de texto ao outro estudante com referências ao crime, além de demonstrar que pretendia fazer novas vítimas. "Ryan não foi a última", disse.

A promotoria vai utilizar o Snapchat como evidência chave do assassinato. Segundo a polícia, a foto mostra a vítima sentada em uma cadeira com um tiro no rosto e também fica claro o rosto do adolescente em frente ao cadáver. A foto ainda trazia a inscrição "Maxwell" na parte superior.

Maxwell decidiu confessar o crime após uma pistola 9mm ser encontrada em sua casa pela polícia. Ele será julgado como um adulto.

Fonte: http://www.bbc.com/news/world-us-canada-31294752