Jovem coloca fogo no próprio corpo depois de pai probi-lo de jogar videogame

Por Redação | 03.03.2015 às 09:14 - atualizado em 03.03.2015 às 11:05
photo_camera Foto: Divulgação

O vício por videogames pos fim à vida de um jovem de 22 anos, morador da cidade de Fenyuan, em Taiwan. Na semana passada, Hsueh Jun-Chen foi proibido pelo pai de jogar um game online e ateou fogo em seu próprio corpo, sendo queimado até a morte, diz o Daily Mail.

Segundo o pai de Hsueh, Liu, de 48 anos, a briga começou depois que o jovem começou a dormir menos e ter dificuldades para estudar e arranjar emprego, pois usava todo o seu tempo para se dedicar ao videogame.

Durante uma discussão em que o pai pediu que ele deixasse os jogos de lado para estudar ou procurar emprego, o pedido acabou se tornando em uma proibição e, indignado, Hsueh não pensou duas vezes e seguiu para uma floresta próxima de sua residência. Transtornado, ele se molhou com uma substância inflamável e colocou fogo em seu próprio corpo.

Em choque, o pai do rapaz diz não ter imaginado que ele seria capaz de cometer suicídio e que se ele precisasse de ajuda, era só conversar com a família. A polícia acredita que o jovem sofria de depressão, sendo um dos motivos pelos quais ele preferia não sair de casa.