Google pede desculpas a usuários por traduções homofóbicas

Por Redação | 28 de Janeiro de 2015 às 17h35

O Google foi acusado de homofobia depois que um usuário reparou que a sua ferramenta de tradução usa termos ofensivos para traduzir as palavras "homossexual" e "gay", em diversas línguas. Segundo o Business Insider, quem percebeu o uso dos insultos foi o diretor do grupo LGBT All Out, Andre Banks, que imediatamente postou no Twitter o que aconteceu no último dia 24 de janeiro.

Dois dias depois, o Google pediu desculpas pela falha com o seguinte comunicado:

Assim que fomos informados que algumas de nossas traduções para certos termos geraram resultados inapropriados, nós imediatamente começamos a trabalhar para consertar o problema. Pedimos desculpas por qualquer ofensa que isto tenha causado às pessoas. Nossos sistemas produzem as traduções automaticamente baseadas em traduções já existentes na internet, por isso apreciamos quando os usuários nos mostram problemas como este.

O All Out aceitou as desculpas e comemorou a conquista em suas redes sociais.

Canaltech no Facebook

Mais de 370K likes. Curta nossa página você!