Google faz pessoas pensarem que são mais espertas do que realmente são

Por Redação | 02 de Abril de 2015 às 11h45
photo_camera Divulgação

Quem nunca ouviu frases do tipo: "no Facebook todo mundo é especialista em tudo"? Pois bem, a culpa de tantos sabichões espalhados pela internet pode ser do Google.

De acordo com um estudo realizado por pesquisadores da Universidade de Yale, nos Estados Unidos, os motores de busca fazem as pessoas pensarem que são mais espertas do que realmente são. A facilidade de ter o conhecimento sobre diversos assuntos na ponta dos dedos dá às pessoas uma visão muito imprecisa da sua própria inteligência, o que pode levar a um excesso de confiança na tomada de decisões.

O estudo foi divulgado no Journal of Experimental Psychology e contou com a colaboração de mais de 1.000 participantes em uma série de experimentos destinados a medir o impacto psicológico do ato de pesquisar na internet.

Matthew Fisher, doutorando do quarto ano de psicologia da Universidade de Yale, explica que o fácil acesso a essa fonte externa confunde o nosso próprio conhecimento. "Quando as pessoas estão verdadeiramente por conta própria, elas podem ser extremamente imprecisas sobre o quanto elas sabem e como elas dependem da internet", diz o pesquisador.

Em um dos testes realizados, alguns participantes receberam o link de um site com a resposta para uma determinada pergunta, enquanto outro grupo recebeu uma cópia impressa com a mesma informação. Quando os dois grupos foram questionados sobre a resposta, aqueles que tiveram acesso ao conteúdo online se mostraram mais confiantes e acreditavam ser mais brilhantes do que os demais participantes.

O professor de psicologia Frank Keil disse que o estudo mostrou que os efeitos cognitivos de "estar em modo de busca" na internet são tão poderosos que as pessoas se sentem mais inteligentes, mesmo quando as suas pesquisas online não ajudam a encontrar a resposta exata para aquilo que procuram. "Conhecimento pessoal preciso é algo difícil de conseguir e a internet pode estar tornando essa tarefa ainda mais difícil", disse.

E você, é dependente do Google?

Via Telegraph

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.