Estudo revela que smartphones estão arruinando a vida sexual de seus usuários

Por Redação | 19.12.2012 às 17:20 - atualizado em 19.12.2012 às 17:44

O que você costuma fazer antes de ir para cama: ler um livro ou navegar na internet pelo smartphone? Se você respondeu a segunda opção, pesquisadores afirmam que sua vida sexual pode não estar indo muito bem. Uma pesquisa online feita pelo site britânico BroadbandChoices.co.uk afirma que as pessoas estão indo dormir 90 minutos mais tarde do que há uma década por causa da internet e das redes sociais.

A pesquisa mostrou que 15% dos entrevistados estão tendo menos relações sexuais por causa de hábitos como navegar na internet. Outros 25% afirmaram que costumam acessar e-mails e redes sociais quando já estão deitados na cama, enquanto 15% preferem assistir aos seus programas de televisão favoritos.

Estes resultados e hábitos de navegar na rede na cama foram encontrados entre grupos de pessoas mais jovens, já as pessoas mais velhas afirmaram que preferem ler antes de dormir. "Nós não estamos muito surpresos com os resultados. A banda larga se tornou uma utilidade essencial - com o entretenimento online muito disponível e tantos dispositivos com que se divertir, as pessoas estão usando cada minuto do seu tempo livre para ficar online", afirmou ao Daily Mail Dominic Baliszewski, especialista em telecomunicações. "Houve uma explosão de provedores de banda larga nos últimos 10 anos e os serviços estão melhorando constantemente, o que contribui para a criação de uma 'cultura online'".

Smartphone cama

As pessoas estão dormindo menos do que há uma década

O estudo do BroadbandChoices ainda mostrou que, em média, estamos dormindo sete horas e meia a menos por semana em comparação à última década por causa de nossos hábitos noturnos - o equivalente a 360 horas ao longo do ano.