Estudo revela o que mais irrita os usuários ao celular e na internet

Por Redação | 13 de Outubro de 2012 às 09h15

Pessoas que falam alto demais ao celular ou que usam as redes sociais para disseminar ofensas e agressões são as que mais irritam os brasileiros quando o assunto é celular e internet, segundo a pesquisa 'Etiqueta Móvel', conduzida pela Intel.

O estudo revela que 95% dos brasileiros gostariam que as outras pessoas tivessem mais educação ao celular e na internet e 86% dos entrevistados também acreditam que as pessoas divulgam informações pessoais demais na web.

A lista das manias mais irritantes para os brasileiros é composta por pessoas que deixam o volume do seu celular muito alto, as que falam gritando ao telefone e as que enviam mensagens de texto enquanto dirigem ou na companhia de outras pessoas.

Assista Agora: Nunca mais contrate funcionários para sua empresa! Comece o ano em uma realidade completamente diferente!

Muitos dos entrevistados também reclamam da questão da privacidade como, por exemplo, tratar de assuntos pessoais em conversas pelo celular ou até assistir a conteúdos impróprios em seus aparelhos móveis mesmo em locais públicos.

Pessoa usando smartphone

23% dos entrevistados afirmaram já ter compartilhado informações pessoais falsas na internet

Quando o assunto são as redes sociais, o perfil dos usuários que mais causam irritações é o de pessoas que postam muitos detalhes do seu cotidiano, reclamam muito ou publicam ofensas e fotos obscenas. Também são citados aqueles que não estão muito preocupados com a forma correta de se escrever. A pesquisa mostra ainda que mais da metade das pessoas que têm acesso à internet compartilham conteúdos online diariamente, principalmente fotos, que são publicadas por mais de 78% dos adolescentes conectados.

A questão do conforto proporcionado pela internet também foi abordada pelo estudo. Mais de 44% dos adultos consultados afirmam se sentir mais confortáveis ao compartilhar informações do seu cotidiano nas redes sociais do que pessoalmente. Porém, esse conforto todo pode ser o ambiente ideal para os mentirosos, já que 23% dos entrevistados admitiram já ter compartilhado informações falsas na rede e 33% afirmaram que têm uma personalidade diferente na internet.

A pesquisa ainda revela os locais preferidos dos brasileiros para postarem conteúdos nas redes sociais - e o resultado é bem curioso: hospitais, banheiros, igrejas, encontros românticos e até velórios e enterros são citados.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.