Estudo constata que 40% dos adultos são vítimas de assédio online

Por Redação | 27 de Outubro de 2014 às 11h00

Tornou-se comum publicar fotos ou vídeos em sites e redes sociais para dividir bons momentos e memórias com amigos e familiares. Contudo, quando essa prática é feita de maneira aberta, publicamente, o conteúdo acaba se transformando num verdadeiro convite para que os "trolls" comecem a atacar.

De acordo com um estudo realizado recentemente pelo Pew Research, 73% dos 2.849 adultos entrevistados disseram já ter testemunhado alguém sendo assediado online, enquanto 40% afirmam ter experimentado o assédio pessoalmente. O estudo também revelou que o assédio ocorre mais comumente com a utilização de nomes ofensivos, ameaças e até mesmo perseguições na rede.

A pesquisa também descobriu que os adultos mais jovens, aqueles com idade entre 18 e 24 anos, eram mais propensos a experimentar algum tipo de assédio online. Além disso, o estudo revelou que as mulheres nessa mesma faixa etária tendem a ser assediadas em níveis desproporcionalmente maiores, com uma em cada quatro afirmando ter sido perseguida ou assediada sexualmente online.

Tais resultados só mostram que o assédio online continua sendo um grande problema na vida online de muita gente. Não raramente surgem relatos de diversas adolescentes que perderam a vida por bullying online. Para evitar ofensas em postagens, o mais apropriado é deixar de compartilhar posts de forma pública. Comentários de amigos e familiares certamente serão muito mais bem-vindos do que os daquele troll que está à espreita.

Fonte: http://www.ubergizmo.com/2014/10/study-finds-40-of-adults-have-experienced-online-harassment/?utm_source=mainrss&utm_reader=feedly

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.