Comportamento: pesquisa mostra que Facebook não empolga mais os adolescentes

Por Redação | 04 de Março de 2013 às 12h45
UOL
Tudo sobre

Facebook

As redes sociais são o reduto preferido de adolescentes e jovens, mas a chegada de novas ferramentas e outros serviços de interação com seus amigos tem feito com que esse grupo de pessoas se afaste do Facebook. Os jovens na faixa entre 20 e 25 anos nos Estados Unidos afirmam que a rede social criada por Mark Zuckerberg não os empolga mais. A notícia saiu no Business Insider.

Recentemente, Adam Ludwin criou um aplicativo de álbum de fotos chamado Albumatic e antes do seu lançamento oficial, realizou uma pesquisa com jovens sobre o que eles tinham achado da aplicação. O empreendedor se surpreendeu quando a maioria afirmou que não gostava do fato do aplicativo estar muito integrado com o Facebook. "Eles me deram uma resposta típica de adolescente: 'nós estamos entediados com o Facebook'", ressaltou Ludwin.

Os adolescentes estão voltando suas atenções para aplicativos como Instagram - que, aliás, também é de propriedade do Facebook -, e o Snapchat, já que são aplicativos móveis e também estão diretamente ligados à nova tendência do compartilhamento de fotos extensivo nas redes sociais. No entanto, esta não é uma realidade identificada apenas por terceiros, mas também pelo próprio Facebook.

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

"Acreditamos que alguns de nossos usuários, especialmente nossos usuários mais jovens, estão conscientes e muito engajados com outros produtos e serviços semelhantes ao Facebook. Por exemplo, acreditamos que alguns de nossos usuários têm diminuído seu envolvimento com o Facebook em favor de outros produtos e serviços como o Instagram. Neste caso, podemos vir a experimentar um declínio no engajamento de nossos usuários e nossos negócios podem ser prejudicados", afirmou a empresa em seu relatório anual.

Muitos especialistas acreditam que o senso de privacidade tem sido um dos principais agravantes para a redução da popularidade do Facebook entre os jovens, já que as pessoas não querem mais compartilhar suas fotos com todos e sim com um seleto grupo de amigos. Em contrapartida, a redução na popularidade da rede social não indica que os jovens estejam excluindo seus perfis, mas os acessando com menos frequência.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.