Britânico é o primeiro condenado por "vingança pornô" no Reino Unido

Por Redação | 17 de Novembro de 2014 às 12h20

O Reino Unido condenou pela primeira vez um homem por um caso de “vingança pornô” após a nova legislação sobre o tema entrar em vigor no país. O britânico Luke King, de 21 anos, foi preso após divulgar uma foto íntima da ex-namorada no WhatsApp.

Segundo o Daily Mail, o caso teve início quando King começou a ameaçar a ex-namorada após ela terminar um relacionamento que durou três anos. Acuada, a moça acionou a polícia e disse que o ex estava ameaçando publicar fotos íntimas dela na internet. Mesmo ciente do acionamento da polícia, King seguiu em frente e divulgou as imagens da moça, cujo nome não foi revelado pela Justiça , no mensageiro instantâneo.

Enquanto aguardava julgamento, King viu surgir uma nova legislação no país que determina que casos de "vingança pornô" são passíveis de até dois anos de reclusão para a divulgação de qualquer imagem íntima em qualquer plataforma online.

PECHINCHAS, CUPONS, COISAS GRÁTIS? Participe do nosso GRUPO DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

No dia derradeiro, a Corte de Derbyshire, no sul da Inglaterra, condenou King a 12 semanas de prisão e o juiz Andrew Davison afirmou que o acusado deveria estar “profundamente envergonhado” pela “violação desprezível e significativa de confiança”. O juiz ainda reforçou a crítica à atitude de King e disse que nada justifica tal ação por parte dele.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.