Pesquisa: adolescentes acreditam que as redes sociais podem prejudicar um namoro

Por Redação | 23.01.2013 às 06:30
photo_camera Mashable

A empresa de tecnologia de segurança McAfee divulgou uma pesquisa a respeito do comportamento dos adolescentes brasileiros quando o assunto é namoro versus mundo virtual. Dentre os entrevistados, 44% dos adolescentes comprometidos acham que as redes sociais podem prejudicar um relacionamento.

Para chegar ao resultado do estudo intitulado "Os adolescentes e seus namoros on-line", a empresa TNS colheu as respostas de 400 adolescentes com idade entre 13 e 17 anos, das classes ABC, que moram em São Paulo, Curitiba, Rio de Janeiro, Porto Alegre e Salvador.

Os jovens usam e abusam das novas tecnologias para se comunicar no mundo virtual, mas esse excesso de tempo conectado pode trazer benefícios e malefícios, no caso dos relacionamentos amorosos, por exemplo. Um dos pontos negativos dessa conexão extrema é o oversharing, e a prova disso é que 23% dos entrevistados já viram mensagens ou declarações de amor, que deveriam ser privadas, serem expostas na web.

"A Internet exerce o papel de ferramenta cotidiana, sendo constantemente acessada pelos adolescentes, o que provoca uma mudança de hábito que divide as atividades em on-line e off-line e gera a necessidade de conscientização da segurança virtual para esse público", disse José Matias Neto, Diretor de Suporte Técnico da McAfee para a América Latina por meio de sua assessoria de imprensa.

E ele está certo, afinal, 74% dos participantes da pesquisa acessam o Facebook várias vezes ao dia e também compartilham seus posts via Twitter, Tumblr e Google+. Mas isso não quer dizer que eles não se arrependem de postar tanto conteúdo: pelo menos 26% dos entrevistados demonstraram esse sentimento após terem postado um comentário sobre o fato de ter "ficado" com alguém, enquanto 47% deles assumiram já ter enfrentado algum problema na rede social.

Em suma, os adolescentes que colaboraram com a entrevista on-line encomendada pela McAfee demonstraram o seguinte comportamento:

Em um relacionamento sério

  • 48% consideram o telefone como a principal ferramenta de comunicação, com destaque para o SMS, que é considerado um aliado dos namorados.
  • 17% se comunicam com o parceiro por meio das redes sociais.
  • 17% já usaram a rede para terminar um namoro.
  • 39% usam mais a rede social do que a vida off-line para descobrir informações a respeito do parceiro.
  • 35% acreditam que as redes sociais influenciam as expectativas dos parceiros no que diz respeito a aparência ou comportamento.
  • 13% dos pesquisados que estão em um relacionamento sério se conheceram via Facebook.
  • 16% acreditam que o uso das redes sociais gera alguns mal-entendidos.
  • 9% afirmam que causa ciúme.

Solteiros

  • 35% dos pesquisados afirmam que o fato de estarem presentes ativamente na Internet atrai uma atenção positiva do sexo oposto.
  • 1/3 dos solteiros procura relacionamentos no Facebook.
  • Em contrapartida, 38% entendem que a Internet atrai, mais do que gostariam, o acesso de pessoas do sexo oposto, o que causa uma sensação de invasão de privacidade.
  • 46% dos adolescentes entrevistados preferem procurar um parceiro da maneira mais old school, ou seja, off-line.
  • 29% dos solteiros procuram um parceiro no ambiente virtual.