30% das pessoas deixam de namorar alguém com base nas séries que ele(a) assiste

Por Redação | 11 de Julho de 2016 às 09h09
photo_camera Divulgação

Mais do que ter uma boa conversa ou aparência agradável, um fator crucial para começar ou terminar novos relacionamentos está diretamente ligado às séries que os usuários e seus interesses amorosos assistem.

Este é o resultado de uma pesquisa da operadora americana Xfinity, que descobriu que 30% dos jovens com idades entre 25 e 34 anos deixaram de namorar alguém que não gostava dos mesmos seriados que eles. Além disso, 43% dos solteiros entrevistados decidiram marcar um encontro após descobrirem que eles e a paquera gostavam das mesmas séries.

Outra curiosidade do relatório indica que 50% dos casais admitem "trair" seus parceiros viciados em séries. Ou seja: eles não assistem uma determinada atração com o companheiro do lado, mesmo quando ambos combinam de acompanhar juntos o seriado. Cerca de 30% dos casais disseram já ter cancelado compromissos sociais com a família ou com os amigos só para assistirem seus programas favoritos.

O estudo da Xfinity também constatou que os programas de TV e serviços de streaming são um indicativo de união entre os casais. De acordo com o levantamento, 66% dos namorados que assistem TV juntos têm uma relação mais sólida - a porcentagem sobe para 75% entre os jovens de 25 e 34 anos. Isso ainda revela outro dado interessante: 75% dos casais costumam fazer piadas um com o outro dos programas que assistem.

A pesquisa da Xfinity, que pertence à operadora Comcast, foi feita pela empresa Propeller Insights e entrevistou 1.935 norte-americanos entre 25 e 49 anos. O relatório faz parte de uma campanha para promover a websérie Glued, produção original de comédia que traz um casal (vivido pelos atores John Ross Bowie e Jamie Denbo) e seus dilemas envolvendo séries de TV. O seriado tem um total de seis episódios.

Fonte: The Wrap

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.