10 características de um empreendedor inovador

Por Redação
photo_camera Divulgação

A fórmula perfeita que resulta num empreendedor visionário é estruturada por iniciativa, respeito, confiança e autoconhecimento. Empreender é se desvincular de situações complicadas por meio de soluções criativas. O empreendedor agrega valor, sabe identificar oportunidades e transformá-las em um negócio lucrativo. Mas poucas pessoas são assim.

Confira 10 comportamentos que os chamados "empreendedores inovadores" costumam ter e veja se você é um deles:

1 – Buscam por padrões

Empreendedores enxergam o mundo com outros olhos ou "apofenia", um fenômeno cognitivo ligado a achar padrões significativos no meio de informações jogadas. Este tipo de pessoa sempre procura por padrões e desenha conexões. Bela maneira de traçar potenciais inovações.

2 – São brilhantemente “preguiçosos”

Não, não ache que é só isso. Para Bill Gates, os empreendedores inovadores são caracterizados assim porque, ao receberem determinados serviços, "essas pessoas irão achar um jeito mais fácil de fazê-los”. Ou seja, são pessoas que buscam inovação. O "preguiçoso" de Gates significa aquele que executa de maneira inteligente e otimiza todas as tarefas.

3 – Fazem anotações. Muitas anotações, sempre

A mente do ser humano é capaz de processar apenas pequenas parcelas de informação por vez. Naturalmente, os empreendedores são obcecados por anotações, afinal, uma grande ideia não tem hora programada para chegar. Estas pessoas sempre têm recursos para registros à la Thomas Edison — o inventor, cientista e empresário deixou mais de 3.500 cadernos com suas anotações.

4 – Pregam por perfeição, mas praticam progresso

Se você é um daqueles que não gosta de ter que lidar com o perfeccionista da sua empresa ou da turma do colégio, abra o olho: o empreendedor inovador nessa história possivelmente não será você. As minúcias podem ser desgastantes durante um processo de criação, mas são necessárias. O que dá a esta pessoa o diferencial é o fato de ela pregar a perfeição, mas, por trás do óbvio, está a busca pelo progresso diário. Em suma, é procurar pelo ideal e ser capaz de botar em prática o real.

5 – Formam alianças com seus próprios medos

Medos não são obstáculos aos verdadeiramente empreendedores. Os temores passam a ser mais um caminho de sucesso, uma adrenalina saudável. Essas pessoas sabem usar desse artifício para benefício próprio.

6 – Não esperam pela obsolescência das coisas

Antecipar problemas e suas soluções é característica marcante de um indivíduo empreendedor. Melhor: eles encontram soluções para esse problema sem nem mesmo ele acontecer.

7 – Entendem sobre processo criativo

Um processo criativo envolve as etapas: preparação > incubação > iluminação > implementação. Quatro estágios clássicos. Um dos momentos mais cruciais, antes do valor final do produto, é definitivamente a sua incubação — ela baseia-se no fato de que nossa mente trabalha ideias mesmo que não estejamos conscientes delas ou que não estejamos buscando algo relacionado. Sabe aquele insight? É isso. É o momento de clarear a mente, de organizar as ideias e, assim, surgir com soluções mais determinantes para o seu negócio.

8 - Buscam atuar em diferentes áreas

Não significa que grandes lucros vão ser gerados de diversas áreas, mas apostar suas fichas na diversificação é uma boa para criar alternativas a eventuais flutuações de mercado. O dono do Dallas Mavericks, Mark Cuban, por exemplo, possui incontáveis negócios.

9 - Possuem uma autoconfiança quase arrogante

Alguns podem até entender que seja arrogância, mas uma boa dose de autoconfiança sustenta um empreendedor nos momentos de decisões mais difíceis. Na medida certa, ela pode ajudar (e muito) na tomada de decisões. Entre enxergar algo como risco ou como oportunidade está o quesito confiança.

10 - Pensam fora da caixa

Conceitos definitivos não são atrativos para empreendedores, afinal, eles gostam de olhar para cada ideia e dar nova roupagem e funcionalidades a ela. Pessoas assim gostam de buscar sempre novidades e torná-las populares. Um celular não precisa ser apenas para fazer e receber ligações, ele pode ser câmera fotográfica, rádio, TV, calculadora, enviar mensagens de texto, imagens, vídeos e etc.

Empreendedores empreenderão! Se os tópicos não foram familiares, você, certamente, não faz parte deste grupo.

Fonte StartSe