'Warcraft' não se dá bem nas bilheterias americanas (mas é sucesso na China)

Por Redação | 13.06.2016 às 21:25

Embora a franquia de jogos Warcraft seja adorada no mundo dos gamers, a sua adaptação para o cinema não é muito boa. Na verdade, é terrível. A maioria dos críticos de cinema reprovou fortemente o filme, enquanto outros nem ligaram para a adaptação. Em resumo, são duas horas de atuação sem graça, captura de computação gráfica que logo parecerá ultrapassada e enredo clichê. Porém, mesmo sem ter feito sucesso nos Estados Unidos, a película foi um hit na China.

Nos EUA, o longa ficou com 26% no Rotten Tomatoes e arrecadou apenas US$ 24,4 milhões, sendo que a produção custou US$ 160 milhões. O interessante é que o filme foi um blockbuster na China. Apenas no dia de lançamento, ele gerou US$ 45 milhões, quebrando recordes de lançamento. Agora, a estimativa é que Warcraft gere US$ 300 milhões no país. Isso fará com que o filme seja o segundo com maior bilheteria do país, passando títulos como Star Wars: O Despertar da Força.

O longa é resultado de um longo trabalho da Legendary Pictures, que levou anos para ser concluído.

Embora a notícia surpreenda alguns, não tem nada de super impressionante, na verdade. Warcraft foi feito para se dar bem nas bilheterias chinesas, com o país sendo um dos maiores mercados para o game em si. O ator Daniel Wu também foi escalado para interpretar o Orc Gul'Dan e, embora ele seja um bom ator e tenha feito um bom trabalho, foi a popularidade dele diante do público asiático que motivou sua escolha para o papel.

No final do ano passado, a Blizzard também fez uma superprodução em shoppings do país, com dezenas de itens relacionados ao game e ao filme em exposição nos locais. Nada disso ocorreu nos Estados Unidos, no entanto.

Por conta desse sucesso oriental, pode anotar: é provável que uma sequência para Warcraft chegue em um futuro não tão distante.

Via: Daily Dot