Teoria criada por fãs sobre Star Wars Rogue One é confirmada em livro

Por Redação | 03.09.2016 às 15:30

Rogue One - Uma história Star Wars está quase chegando às telonas. O que já era de se esperar é que os fãs fariam milhares de teorias sobre o que pode acontecer (e o que acontece) no novo filme da saga intergalática.
O longa se passa entre os episódios III e IV e mostra os rebeldes tentando roubar os planos da Estrela da Morte que está em posse do Império.

Mas o que chamou a atenção de algumas pessoas é a protagonista do filme Jyn Erso. Quem é ela e por que ela, que nem Jedi é, foi a escolhida para liderar os rebeldes? Uma teoria criada pelos fãs acaba de ser confirmada e dá conta de algumas dessas indagações e da relação de Jyn com a Estrela da Morte.

Primeiro de tudo, há sempre uma relação familiar acontecendo nos filmes de Star Wars e com Rogue One não é diferente. O pai de Jyn, Galen Erso (interpretado por Mads Mikkelsen), apesar de não ser uma má pessoa, estaria envolvido com a criação da arma de aniquilação em massa do Império.

Junto com alguns produtos de divulgação da série, foi lançado o romance "Catalyst" de James Luceno, que conta um pouco sobre a história da aliança rebelde antes de Rogue One e dá detalhes do background de Jyn, com destaque para o seguinte trecho:

"A guerra está destruindo a galáxia. Por anos a República e os Separatistas tem batalhado nas estrelas, cada um construindo tecnologia mais e mais mortal numa tentativa de vencer a guerra. Como membro do projeto ultra secreto "estrela da Morte", do Chanceler Palpatine, Orson Krennic está determinado a construir uma super arma antes que seus inimigos consigam. E um antigo amigo de Krennic, o brilhante cientista Galen Erso, pode ser a chave"

"A energia e foco em pesquisa de Galen chamaram a atenção de Krennic e seus inimigos, tornando o cientista ponto crucial no conflito intergalático. Mas depois de Krennic ter salvo Galen, sua esposa, Lyra, e sua pequena filha, Jyn, dos sequestradores Separatistas, a família Erso está profundamente em débito com Krennic. Ele então oferece a Galen uma extraordinária oportunidade: continuar seus estudos científicos com muitos recursos inteiramente à disposição. Enquanto Galen e Lyra acreditam que esta pesquisa em energia servirá puramente a meios altruístas, Krennic tem outros planos que farão a Estrela da Morte se tornar realidade. Presos nas garras de seu bem feitor, os Ersos precisarão se desvencilhar da teia de Krennic para salvar a si mesmos e a toda a galáxia"

O trecho do livro foi divulgado pelo Gizmodo e apresenta claramente o que aconteceu com Jyn Erso para que ela se tornasse peça fundamental da trama de Rogue One. O filme, produzido pela Disney, tem previsão de estreia em dezembro deste ano.

Fonte: BGR