O Rei Leão ultrapassa marca de US$ 1 bilhão na bilheteria mundial

Por Rafael Rodrigues da Silva | 31 de Julho de 2019 às 18h05
Captura/YouTube

Depois de Aladdin, chegou a vez do remake de O Rei Leão se juntar ao “clube do bilhão”. Na última terça-feira (30), o longa ultrapassou o faturamento de US$ 1 bilhão na bilheteria mundial, se tornando apenas o 6º filme em live action da empresa a ultrapassar a marca, e o 2º apenas neste ano.

Claro, essa contagem considera apenas os filmes da Disney, e ignora o de outros estúdios pertencentes à empresa, como a Lucasfilms (que produz a franquia Star Wars), a Marvel Studios e a recém adquirida Fox.

Assim, O Rei Leão se junta a Piratas do Caribe: O Baú da Morte, Piratas do Caribe: Navegando em Águas Misteriosas, e os remakes em live action de A Bela e A Fera, Alice no País das Maravilhas e Aladdin.

Agora, ao considerar todos os estúdios que pertencem à Disney, o número de produções que ultrapassaram a marca de US$ 1 bilhão nas bilheterias é bem maior, e só este ano, além de O Rei Leão e Aladdin, a marca também foi ultrapassada por Vingadores: Ultimato e Homem-Aranha: Longe de Casa. Espera-se ainda que o mesmo deva acontecer novamente com o episódio IX de Star Wars, no final do ano.

Outra marco alcançado pelo filme foi superar as receitas obtidas pela animação original de 1994, que conseguiu uma arrecadação de US$ 968 milhões desde o lançamento, tornando oficialmente o remake mais rentável do que a obra original.

Com o sucesso de O Rei Leão e Aladdin, fica claro que a estratégia de refazer suas animações clássicas em formato de filmes tem dado certo para a Disney, que não deve abandonar ela tão cedo. Para os próximos anos já estão confirmados os remakes de Mulan, A Pequena Sereia, Branca de Neve e os Sete Anões e Peter Pan.

Fonte: Collider

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.